Dirceu define saúde pública como uma das prioridades de seu próximo mandato

Em entrevista no sábado passado ao programa "A Hora da Verdade", da rádio Grande FM, o vereador reeleito Dirceu Longhi (PT) adiantou que o setor da saúde será um dos principais eixos de trabalho de seu segundo mandato, que começa em janeiro de 2013.
Conforme o vereador, muitas são as necessidades apontadas pela população para melhorar a cidade de Dourados, mas a saúde pública é o tema que mais preocupa o cidadão. Pensando em contribuir para a melhoria dos serviços prestados à população e tirar da Saúde o rótulo de principal gargalo da administração pública no município, Dirceu Longhi informou durante a entrevista que vai colocar seu mandato à disposição para debater com a sociedade e a classe política projetos e ações que visem aprimorar as políticas públicas voltadas à Saúde e corrigir as carências e demandas existentes no setor.

Para Dirceu Longhi, Dourados é um polo regional de desenvolvimento econômico e social em Mato Grosso do Sul e precisa se estruturar para também se tornar uma referência na prestação de serviços públicos de saúde para a região. "Sabemos das dificuldades financeiras e estruturais enfrentadas pelo poder público em Dourados e em todo o país para atender a demanda crescente por serviços de saúde em Dourados. No entanto, é preciso uma atuação mais preponderante e uma união de forças por parte dos agentes políticos de nossa cidade para vencer essas barreiras e buscar projetos e recursos que possam remodelar a saúde pública em nossa cidade. Por isso, uma das principais prioridades de nosso mandato que se inicia em janeiro será o de dar ao sistema de saúde pública um tratamento adequado, para atender a todos, sem distinção, com competência e a celeridade necessária, afim de que pessoas não mais sofram nas filas à espera de atendimento médico e hospitalar", destacou o vereador.
HOSPITAL REGIONAL
Dirceu Longhi também informou que vai atuar como um dos interlocutores  políticos do projeto, encabeçado pelo deputado estadual George Takimoto (PSL), que visa à construção de um Hospital Regional em Dourados. Para a construção do hospital é necessário à viabilização de aproximadamente R$ 20 milhões. No sábado passado, durante encontro com o Takimoto e com o deputado federal Vander Loubet (PT), o vereador petista se colocou à disposição para aglutinar novos apoiadores ao projeto de construção do Hospital Regional.
Na ocasião, Loubet reafirmou seu compromisso de atuar, junto ao governo federal, para viabilização recursos do PAC Saúde para a implantação do hospital. "A construção do Hospital Regional é essencial e estratégica para melhorar de vez o quadro da saúde pública de uma macrorregião que abriga 34 municípios e mais de 500 mil habitantes. Mais uma vez, o deputado Vander Loubet se colocou como parceiro de Dourados e se comprometeu em apresentar emendas individuais ao Orçamento da União e articular por recursos para tornamos realidade o projeto de construção do hospital", finalizou.

Divulgação
Saúde pública será um dos principais eixos de trabalho de seu segundo mandato do vereador Dirceu Longhi

Mais lidas

Faculdades de Medicina no Paraguai: Universidade USCA abre 280 vagas para curso de medicina e inscrições já estão abertas.

Veja a relação dos candidatos a vereador em Dourados com número que aparece na urna

Proprietários são notificados para adequação das calçadas em Dourados