Murilo empossa Gabinete de Gestão Integrada

Membros do conselho do GGIM empossados pelo prefeito aprovaram sistema de monitoramento que será implantado em Dourados

O prefeito Murilo empossou na manhã de terça-feira, durante reunião em seu gabinete, os novos integrantes do conselho do GGIM (Gabinete de Gestão Integrada do Município de Dourados). Como primeiro ato após a posse, os conselheiros aprovaram o andamento do projeto de monitoramento da cidade.


Formado por representantes da prefeitura, OAB (Ordem dos Advogados do Brasil), Ministério Público e de todos os organismos de segurança, incluindo Corpo de Bombeiros, o GGIM tem a finalidade de deliberar e coordenar as ações do Pronasci (Programa Nacional de Segurança Pública com Cidadania) em nível municipal.

Entre os representantes estão o delegado regional de Polícia Civil Antonio Carlos Videira, o comandante do 3º Batalhão da Polícia Militar Ary Carlos Barbosa e o promotor de Justiça João Linhares Junior.

Como a implantação de um sistema de monitoramento na cidade envolve diretamente o setor de segurança, o prefeito aproveitou a posse dos novos conselheiros para apresentar e discutir o projeto, que ainda está na área técnica, devendo passar por uma série de ajustes e por novas discussões entre os integrantes do GGIM.

O diretor interino da Guarda Municipal João Vicente Chencareck fez a apresentação do projeto a pedido do prefeito, por ter participado ativamente da elaboração do sistema. Ele explicou que se trata de uma proposta para funcionamento a médio prazo e que necessita da participação integrada dos organismos de segurança.

MONITORAMENTO

O objetivo principal do projeto é instalar 64 câmeras de vídeo com alta tecnologia em diversos pontos da cidade, como shopping, rede bancária, praças, escolas, terminal rodoviário, aeroporto, Estádio Douradão, parques e em toda a área central. As imagens serão acompanhadas ao vivo em uma central, facilitando o atendimento às ocorrências.

A comunicação usando tecnologia sem fio será feita através de torres distribuídas em três pontos da cidade, com possibilidade de acesso compartilhado via internet, incluindo o reposicionamento do equipamento. São aparelhos com detector de movimento e identificação de placa de veículo.

O prefeito Murilo explicou que a intenção é reduzir o índice de criminalidade. Especialistas em segurança pública presentes na reunião com o prefeito informaram que  nos municípios onde existe sistema de monitoramento os índices de violência e outros crimes caíram pela metade.

Legenda: Diretor da Guarda apresenta projeto de monitoramento a membros do Gabinete de Gestão Integrada empossados pelo prefeito
Crédito: A. Frota

Mais lidas

Faculdades de Medicina no Paraguai: Universidade USCA abre 280 vagas para curso de medicina e inscrições já estão abertas.

Veja a relação dos candidatos a vereador em Dourados com número que aparece na urna

Proprietários são notificados para adequação das calçadas em Dourados