Dourados vai muito bem economicamente

Prefeito de Dourados foi o entrevistado desta terça-feira no Bom Dia MS, da TV Morena

O prefeito Murilo foi o entrevistado na manhã desta terça-feira no "Bom Dia MS" da TV Morena. Questionado sobre o desenvolvimento do município, disse que "economicamente Dourados vai muito bem". O prefeito citou que a cidade vive um grande momento, considerada a que mais cresce, mais gera emprego e a que tem menos solicitação de seguro-desemprego em Mato Grosso do Sul.


Murilo lembrou que Financeiramente Dourados viveu maus momentos no ano passado, por conta da queda de repasse de recursos federais. Ele explicou que isso foi provocado pela desoneração com a redução do IPI (Imposto sobre Produtos Industrializados) da linha branca e dos automotivos. Mas para o prefeito, a expectativa é de que 2013 seja melhor.

Questionado sobre a saúde, Murilo informou que na área preventiva, ou seja, na saúde básica – que são os atendimentos feitos através dos postos e os programas de combate a doenças – Dourados tem resultados positivos. Como exemplo, citou as ações de combate ao mosquito da dengue através da campanha "Dourados sem dengue".

Apesar de o Estado enfrentar uma epidemia da doença, Dourados tem conseguido, através de mutirões nos bairros, manter os índices de infestação sob controle.

Em relação à saúde hospitalar, que é responsabilidade do governo federal através do SUS (Sistema Único de Saúde), Murilo lembrou que o problema não é só de Dourados. "Isso ocorre em todos os municípios que atendem pelo SUS, os repasses não suprem as necessidades". O prefeito explicou que na questão hospitalar o município apenas gerencia o dinheiro que vem da União.

Outro assunto abordado na entrevista foi com relação ao Código Tributário, por conta de algumas exigências e medidas adotadas neste ano. Murilo esclareceu que não existe nada de novo ou seja, o Código é o mesmo desde 1978. "Não mudamos nada, apenas estamos cumprindo artigos que já constam na lei para melhorar a qualidade da arrecadação própria", afirmou o prefeito, anunciando que novas discussões serão feitas com o empresariado e outros setores da economia para discutir o Código Tributário.

EDUCAÇÃO
O assunto que abriu a entrevista foi educação. A emissora exibiu uma reportagem a respeito do fechamento da Escola Estadual Dom Aquino, localizada no distrito de Panambi, e questionou o prefeito. Murilo informou que o município assumiu a escola estadual no ano passado, sem condições de uso, para evitar que fosse fechada naquele momento e prejudicasse o ano letivo dos alunos.

Ele explicou que neste ano foram matriculados em torno de cem alunos, dos quais 50 são indígenas residentes na aldeia Panambizinho, onde existe a Escola Pai Chiquito que vai atender todos esses estudantes. Os demais irão para a Escola Agrotécnica Padre André Capelli, localizada a seis 6 km de Panambi, com educação em período integral e transporte feito pela própria prefeitura. Um ônibus será colocado à disposição para transportar os alunos todos os dias.

Murilo considera a polêmica sobre o fechamento uma discussão política, porque todos os moradores e profissionais da educação têm conhecimento das condições da escola e que é inviável o funcionamento sem que seja totalmente reformada.

Legenda: Prefeito Murilo disse na TV Morena que Dourados passou por maus momentos em 2012 devido à queda na arrecadação
Crédito: A. Frota/Arquivo


--
Prefeitura de Dourados
Assessoria de Comunicação Social
(67) 3411-7297/3411-7626
assecom@dourados.ms.gov.br
www.dourados.ms.gov.br

Mais lidas

Faculdades de Medicina no Paraguai: Universidade USCA abre 280 vagas para curso de medicina e inscrições já estão abertas.

Veja a relação dos candidatos a vereador em Dourados com número que aparece na urna

Proprietários são notificados para adequação das calçadas em Dourados