Murilo encaminha projeto de lei dos assistentes pedagógicos

O prefeito Murilo assinou na manhã desta sexta-feira e encaminhou para a Câmara de Vereadores o Projeto de Lei Complementar sobre o PCCR (Plano de Cargos, Carreiras e Remuneração) do profissional da educação de Dourados, que trata exclusivamente da questão do assistente pedagógico.


Como foi anunciado na semana passada pelo próprio prefeito em reunião com os profissionais, o projeto garante dá esse grupo de pouco mais de 60 pessoas o direito de se integrar ao quadro do magistério, no cargo de profissional de educação infantil. A proposta vai passar pela aprovação dos vereadores antes de voltar para sanção do prefeito.

A decisão foi anunciada pelo prefeito após muitas conversas com o grupo e consultas ao Tribunal de Contas do Estado e outros setores. Os assistentes tinham sido incluídos como administrativos por conta do edital do concurso que prestaram, embora fosse exigido deles a mesma formação profissional de um integrante do magistério.

A assinatura do projeto de lei pelo prefeito foi feita na presença de algumas assistentes beneficiadas, que representaram o grupo, e do procurador-geral do Município Alessandro Lemes Fagundes. Ainda nesta sexta-feira a mensagem do Executivo será encaminhada à Câmara, para apreciação e votação dos vereadores, o que deve acontecer em duas sessões.

Legenda: Prefeito Murilo assinou projeto de lei na presença de assistentes beneficiadas com a medida
Crédito: A. Frota

Mais lidas

Faculdades de Medicina no Paraguai: Universidade USCA abre 280 vagas para curso de medicina e inscrições já estão abertas.

Veja a relação dos candidatos a vereador em Dourados com número que aparece na urna

Proprietários são notificados para adequação das calçadas em Dourados