Senador Moka cobra Anac sobre suspensão de voos da TAM e GOL

Coordenador da bancada federal no Congresso Nacional, o senador Waldemir Moka (PMDB) encaminhou nesta quarta-feira (20) ofícios aos presidentes das companhias aéreas TAM e GOL cobrando explicações sobre a suspensão de quatros voos entre Campo Grande e Brasília.


Os voos foram suspensos ontem e não têm data para serem retomados. "As companhias não fizeram qualquer comunicado sobre essa suspensão, pegando a todos de surpresa", afirmou o senador, em discurso no plenário do Senado hoje à tarde.

O senador também pediu audiência de toda a bancada com o diretor-presidente da Agência Nacional de Aviação Civil (Anac), Marcelo Pacheco, para pedir providências no sentido de reverter a decisão das empresas.

Moka disse que os passageiros só ficaram sabendo da suspensão dos voos nos trechos de ida e volta a Brasília quando foram comprar passagem pela Internet ou por meio de agências de viagem.

De acordo com o senador, a TAM suspendeu a operação do voo com destino a Brasília, com saída às 13h48 do Aeroporto Internacional de Campo Grande e chegada prevista em Brasília às 16h18, e do voo que parte de Brasília às 12h14 pousando na capital às 13h05.

Já a GOL acabou com outros dois voos. O de Campo Grande a Brasília, com saída às 5h15 e chegada às 7h48, e o que sai de Brasília às 23h04, chegando às 23h50 na capital sul-mato-grossense.

Moka afirmou que, com a suspensão desses voos, as companhias praticamente acabaram com as opções de deslocamento aéreo entre as duas cidades. "A decisão prejudicará enormemente nossa população que usa com certa regularidade esses voos para se deslocar até Brasília", argumentou.

Mais lidas

Faculdades de Medicina no Paraguai: Universidade USCA abre 280 vagas para curso de medicina e inscrições já estão abertas.

Veja a relação dos candidatos a vereador em Dourados com número que aparece na urna

Proprietários são notificados para adequação das calçadas em Dourados