Délia Razuk pede construção de CAPS

Por meio de indicação apresentada à Mesa Diretora da Câmara Municipal, a vereadora Délia Razuk (PMDB) solicitou ao prefeito Murilo Zauith (PSB), com cópias ao secretário de Saúde Sebastião Nogueira Faria  a realização de estudos técnicos que visem à implantação do CAPS III  (Centro de Atenção Psicossocial III) em Dourados.
De acordo com a vereadora, o município conta com duas unidades, o CAPS Dourados e o CAPSad Dourados, porém, as comunidades terapêuticas aguardam a construção de mais um CAPS para ampliar o atendimento em toda a região, inclusive nas aldeias indígenas.

 "Analisamos juntamente com órgãos competentes e profissionais da área e concluímos que é necessário ampliar esse serviço, pois assim, conseguiremos aumentar o número de atendimento, pois o CAPS é um serviço de saúde aberto e comunitário do SUS, que se tornou referência em tratamento de pessoas que sofrem com transtornos mentais, psicoses, neuroses graves e persistentes e demais quadros que justifiquem sua permanência num dispositivo de atenção diária, personalizado e promotor da vida", justifica.
 Em Mato Grosso do Sul, apenas Campo Grande possui esse serviço, que só pode ser implantado em cidades com mais de 200 mil habitantes. Segundo a vereadora, o principal objetivo é melhorar o atendimento à comunidade devido ao crescente número de usuários de drogas. "Com este Centro, vamos trabalhar a prevenção às drogas e atender mais pessoas que necessitam destes serviços", explica a vereadora.
Segurança
A segurança também tem sido uma das preocupações de Delia, que tem feito diversas solicitações aos órgãos competentes pedindo a reativação do posto policial no Parque das Nações II.
Segundo Delia, o posto policial além de garantir a segurança do Parque das Nações II também assegura tranquilidade aos moradores da Vila Valderez Oliveira, Jardim do Bosque, Vila São Braz, Canaã II, Jóquei Clube, Estrela Verá e Vila Mariana atualmente com mais de 17 mil habitantes. "Por se tratar de uma região bastante populosa, que envolve vários bairros, e por ser muito distante do centro da cidade, a região do Grande Parque das Nações necessita de um patrulhamento mais ostensivo por parte dos organismos de segurança e a reativação do posto será de suma importância para a execução das estratégias de segurança naquela região", afirma.
Foto: Thiago Morais
Legenda: Delia Razuk pede construção de CAPS e segurança para o Parque das Nações II 

Mais lidas

Faculdades de Medicina no Paraguai: Universidade USCA abre 280 vagas para curso de medicina e inscrições já estão abertas.

Veja a relação dos candidatos a vereador em Dourados com número que aparece na urna

Proprietários são notificados para adequação das calçadas em Dourados