Ishy pede convocação da secretária de Educação

A secretária municipal de Educação Marinisa Mizoguchi deve ser convocada pela Câmara para discutir com os educadores as reivindicações da categoria. Essa foi a solicitação feita pelo vereador Elias Ishy (PT) na semana passada, durante reunião entre representantes do Simted (Sindicato Municipal dos Trabalhadores em Educação de Dourados) e a Comissão de Educação do Legislativo, da qual é membro.
Nesse encontro os profissionais da educação voltaram a apresentar as demandas da categoria; as mesmas que motivaram um protesto na manhã de terça-feira. Um dos principais pontos diz respeito ao aumento da carga horária dos servidores administrativos, de 6 horas para 8 horas, classificado por eles como o principal golpe sofrido nesta gestão municipal.


O parlamentar avalia que é necessário promover o encontro entre os trabalhadores e a secretária para garantir a retomada do diálogo. De acordo com o presidente do Simted, João Azevedo, a situação atual foge à normalidade. "Não é comum essas reuniões [entre educadores e Executivo] serem intermediadas por vereadores. Quando isso acontece é que há algo errado", disse.

Para Ishy, trata-se de um problema cuja solução depende, especialmente, da administração municipal. "Não é a secretária, é o prefeito que resolve. A solução desses problemas depende de uma política de governo", pontuou. "Tem que ter vontade política, proposta de governo", disse, solicitando a convocação da secretária para que ouça pessoalmente as demandas da categoria.

Além de propor essa reunião entre as partes, Elias Ishy indicou que o Simted e a Câmara Municipal construam, em parceria, um seminário para discutir a política municipal de Educação. O vereador enfatiza que essa é a forma de evitar que a cada nova gestão municipal volte a ocorrer problemas que afetam diretamente a qualidade da educação.

Foto: Divulgação
Em reunião na Comissão de Educação, vereador Elias Ishy solicitou que a Câmara convoque a secretária para dialogar com os educadores 

Mais lidas

Faculdades de Medicina no Paraguai: Universidade USCA abre 280 vagas para curso de medicina e inscrições já estão abertas.

Veja a relação dos candidatos a vereador em Dourados com número que aparece na urna

Proprietários são notificados para adequação das calçadas em Dourados