Marun se reúne com o superintendente da SPU, Mario Sobral

Nesta manhã (18), o secretário de Estado de Habitação e das Cidades, Carlos Marun se reuniu com o superintendente da Secretaria do Patrimônio da União, Mario Sergio Sobral juntamente com o presidente da Associação Habitacional em Defesa da Moradia e Meio Ambiente (AHDM), Jordaci Matos e o assessor executivo da Prefeitura de Ponta Porã, Paulo Benites.
O assunto da reunião foi referente aos terrenos pertencentes ao Patrimônio da União que podem ser doados para construção de moradias em Mato Grosso do Sul. Em conjunto viabilizaram a parceria dos governos Federal, Estadual e Municipal para implantação de casas populares através do programa Minha Casa, Minha Vida.

"No Estado existem áreas da União que estamos pleiteando parcerias para construção de moradias. Em especial os municípios de Ponta Porã e Rio Brilhante, onde pretendemos atender cerca de 400 famílias", explicou Mario Sergio. Em Mato Grosso do Sul a Secretaria do Patrimônio da União possui alguns terrenos que são destinados para atender a demanda da população, em Campo Grande, por exemplo, a área da União em frente ao Aeroporto Internacional de Campo Grande foi doada para implantar a Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul – UEMS, onde será construído um campus para Medicina.
"É do interesse do governo do Estado realizar esta parceria com a União, com as prefeituras e a Entidade. A ideia é de trabalharmos juntos e assim começarmos a equalizar o déficit habitacional no Estado", informou Marun.
Em Ponta Porã, município a ser beneficiado com a doação da área, será construído cerca de 250 unidades habitacionais. "Essa grande parceria visará atender as famílias que tanto enseja pela casa própria, gerando também emprego e melhoria de vida a toda cidade", disse Paulo Benites.
Já para a entidade AHDM, além da construção para os municípios de Ponta Porã e Rio Brilhante está sendo solicitado a implantação de moradias para as cidades de Sidrolândia, Itaporã, Porto Murtinho e Anaurilândia. "Em reunião na semana passada, no Ministério das Cidades com os prefeitos, viabilizamos os recursos do programa Minha Casa, Minha Vida – Entidades. Acredito que vamos construir essas habitações e proporcionar moradia digna a população desses municípios" analisou Jordaci.
Outro assunto debatido foi referente à implantação de casas ribeirinhas no Estado garantidas pelo Ministro da Pesca e Aquicultura, Marcelo Crivella. No evento realizado na última quinta-feira (14) Crivella prometeu a construção de moradias para as famílias cadastradas, visando à parceria do governo do Estado. "Pretendemos atender as famílias que moram em toda a margem do Rio Paraguay. E também já doamos uma área federal através do Termo de Utilização Sustentável para cerca de 70 famílias que moram na extensão entre o município de Corumbá até o Estado de Mato Grosso", explicou Mario.
Para o secretário Marun é possível a realização dessas moradias, sendo que o atendimento será diferenciada a essas famílias ribeirinhas. "Será uma nova forma de atendimento dentro do programa de moradias que o Estado já vem realizando. Temos toda pretensão de participarmos deste empreendimento".
Também participaram da reunião o diretor da Agência de Habitação de Ponta Porã, Daniel Marques, o diretor administrativo AHDM, Fernando Rafael e o diretor técnico da AHDM, Raimundo Campelo Guerra.
Viviane Martins

Mais lidas

Faculdades de Medicina no Paraguai: Universidade USCA abre 280 vagas para curso de medicina e inscrições já estão abertas.

Veja a relação dos candidatos a vereador em Dourados com número que aparece na urna

Proprietários são notificados para adequação das calçadas em Dourados