CAPS de Dourados é referência, afirma vereador Sergio Nogueira

O CAPS (Centro de Atenção Psicossocial) é um serviço de saúde voltado para a comunidade, preparado para acolher e cuidar de pessoas com problemas mentais graves e seus familiares, através de atendimento especializado. Preocupado em conhecer a estrutura dos CAPS AD e II de Dourados, o vereador Sergio Nogueira (PSB) reuniu-se com os coordenadores para saber mais sobre o funcionamento, os objetivos e, ao mesmo tempo, verificar as necessidades existentes no local.
O Centro de Atenção Psicossocial Álcool e Drogas (CAPS AD) foi inaugurado há nove anos. Segundo o vereador, "é referência para pacientes que enfrentam problemas com álcool e drogas de toda a região da Grande Dourados e o CAPS II, é focado no tratamento de transtornos mentais, doenças cognitivas. Os dois merecem uma atenção especial".
O médico psiquiatra Thiago Pauluzi do CAPS AD explica que são unidades em que existe abordagem multiprofissional. "São atividades com médicos, assistente social, psicólogos, terapeuta ocupacional, tem o atendimento individual e em grupo, oficinas terapêuticas, atendimento aos familiares, até mesmo visitas domiciliares. Os CAPS foram criados para tentar tratar o doente no contexto familiar, social, desestigmatizar a visão de doença mental", assegura.

"Acredito que uma boa ação é acolher essa pessoa no seio familiar, mas o que é mais importante e se faz necessário é tomar medidas de prevenção, pois muitas pessoas que chegam ao CAPS têm uma doença que foi provocada, não natural, como a dependência química e a depressão", afirma Sergio Nogueira.
Durante a reunião com os técnicos e profissionais do CAPS foi definido um protocolo para uniformizar o atendimento do CAPS. "Não temos o leito de retaguarda suficiente de internação, muitos tratamentos são necessários, primeiramente, a internação, a desintoxicação inicial, para depois iniciar o tratamento ambulatorial. Temos que otimizar o tratamento, obter mais parcerias com outras unidades de saúde, o fluxograma visa adequar a realidade regional, a possibilidade de atendimentos", esclarece Dr. Thiago.
Sergio Nogueira afirma que pretende continuar acompanhando os serviços prestados à comunidade através dos CAPS-AD e CAPS II e participar das discussões sobre as políticas públicas de prevenção e atendimento às pessoas usuárias de drogas e com distúrbios psicossociais.
DIVULGAÇÃO
O vereador Sergio Nogueira levou o médico Thiago no Programa Reflexão para dar entrevista sobre o trabalho no CAPS AD

Mais lidas

Faculdades de Medicina no Paraguai: Universidade USCA abre 280 vagas para curso de medicina e inscrições já estão abertas.

Veja a relação dos candidatos a vereador em Dourados com número que aparece na urna

Proprietários são notificados para adequação das calçadas em Dourados