Dourados participa de campanha nacional contra violência sexual


A Prefeitura de Dourados através da Secretaria de Assistência Social participou sábado do Dia Nacional de Combate ao Abuso e à Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes.

A campanha em Dourados foi realizada pelo Creas (Centro de Referência e de Especialização de Assistência Social) juntamente com o Comcex (Comitê Municipal de Enfrentamento da Violência e de Defesa dos Direitos Sexuais de Crianças e Adolescentes). Participaram também outros órgãos, como Conselho Tutelar, Vara da Infância e da Juventude, Ministério Público e Cras (Centro de Referência de Assistência Social).

 
A campanha aconteceu das 8h às 11h, com entrega de cartilhas e folders através de abordagens à população na Praça Antônio João. De acordo com Ivonete Ferreira, diretora do Departamento Psicossocial Especial da Secretaria de Assistência Social, foram confeccionados cinco mil cartilhas e dez mil folders para a campanha em Dourados. "Infelizmente os casos de violência e abusos sexuais a menores em Dourados ainda são grandes e nosso objetivo é incentivar a população a denunciar. Nosso trabalho aqui hoje é uma forma de prevenção".

Ela explica que a maioria dos casos que chega até o Creas parte das delegacias, quando o fato já aconteceu. A campanha serve também para incentivar a denúncia, antes que a violência e o abuso aconteçam. "Os parentes, os vizinhos, se têm alguma suspeita, façam a denúncia, antes que um mal maior aconteça", afirma Ivonete.

De acordo com o Comcex, na maior parte dos casos o agressor está dentro de casa, o que dificulta a comunicação do crime às autoridades. A mãe, em grande parte dos casos, não acredita nos relatos da criança, o que pode favorecer a violência. Por isto, segundo o Comcex, tanto os pais quanto os educadores e outras pessoas do convívio da criança precisam ficar muito atentos a qualquer sinal de violência. Não é preciso ter certeza; a simples suspeita já pode e deve ser denunciada.

As denúncias podem ser feitas no Creas, Conselho Tutelar, Vara da Infância e Juventude ou Ministério Público Estadual e Polícia Militar. Mais informações podem ser obtidas no Comcex (67)-7144. O telefone para denúncia é o 100.

Legenda: Panfletagem no centro de Dourados lembrou Dia Nacional de Combate ao Abuso e à Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes
Crédito: A. Frota

Mais lidas

Faculdades de Medicina no Paraguai: Universidade USCA abre 280 vagas para curso de medicina e inscrições já estão abertas.

Veja a relação dos candidatos a vereador em Dourados com número que aparece na urna

Proprietários são notificados para adequação das calçadas em Dourados