Murilo lança nesta terça o projeto Feirante Empreendedor

Às 19h30, no auditório do Senac, também será lançado o projeto de Desenvolvimento do Setor de Alimentos

O prefeito Murilo lança nesta terça-feira às 19h30, no auditório do Senac, mais dois projetos importantes: o Projeto de Desenvolvimento do Setor de Alimentos e o Projeto Feirantes Empreendedores de Dourados, desenvolvidos pela Secretaria de Desenvolvimento Econômico Sustentável.

O objetivo do Projeto do Setor de Alimentos é apoiar o desenvolvimento das empresas do ramo em Dourados para aumentar a competitividade. "Vamos trabalhar a inserção e o aumento da comercialização dos produtos no município, o aumento da competitividade da empresa no mercado, a regularizar os produtos no Simd (Serviço de Inspeção Municipal) e ainda divulgar o segmento para a população", explica Vamilton Santos Junior, coordenador do projeto.


A iniciativa do prefeito Murilo visa oferecer condições para que as pequenas empresas do setor de alimentos existentes em Dourados tenham condições de colocar seus produtos, devidamente legalizados e inspecionados, nas prateleiras dos supermercados da cidade e competir em igualdade com grandes marcas.

O público-alvo desse projeto são os açougues, supermercados e outros que produzem alimentos de origem animal. A meta é formalizar 50% desses estabelecimentos. Os parceiros são o Sebrae/MS, Senai, Senac, Vigilância Sanitária, Banco do Brasil, Caixa Econômica Federal, Sicredi e Banco da Gente.

Já o Projeto Feirantes Empreendedores de Dourados tem foco estratégico a ampliação do atendimento permanente e qualificado aos empreendimentos rurais, formalização dos micros e pequenos negócios no programa Empreendedor Individual, orientação técnica, qualificação e disseminação de boas práticas de fabricação, acesso aos exames obrigatórios, inserção das empresas no Projeto de Desenvolvimento Regional Sustentável e acesso ao crédito.

O objetivo desse projeto é beneficiar micro e pequenos negócios rurais e urbanos (informais) industrializadores de produtos de origem animal que comercializam seus produtos na Feira Livre, açougues e população em geral. Com o projeto, o prefeito Murilo espera formalizar as atividades ambulantes de comércio e de produtos de origem animal e vegetal em 100% até dezembro de 2013.

Os parceiros da prefeitura são o Sebrae/MS, o Senai, o Senac, a Agraer, Banco do Brasil, Caixa Econômica, Banco da Gente e Associação de Feirantes.

Vamilton Santos Junior lembra a importância de os pequenos negócios estarem organizados e bem preparados para atender um mercado cada vez mais crescente, mas que, ao mesmo tempo, passa a exigir cada vez mais qualidade.

A transformação econômica desses empreendimentos possibilitará a comercialização dos produtos em outros mercados. O técnico acredita que os projetos ajudarão a impulsionar e aquecer ainda mais a economia, contribuindo no desenvolvimento local.

Durante o evento de lançamento será apresentado o caso de sucesso da Feira Central de Campo Grande, que hoje serve de modelo para o país.

O auditório do Senac fica na rua Campo Grande, 240, no Jardim Londrina, próximo à Justiça do Trabalho e Cartório Eleitoral.

Legenda: Prefeitura de Dourados lança plano de apoio aos feirantes e pequenos produtores
Crédito: A. Frota

Mais lidas

Faculdades de Medicina no Paraguai: Universidade USCA abre 280 vagas para curso de medicina e inscrições já estão abertas.

Veja a relação dos candidatos a vereador em Dourados com número que aparece na urna

Proprietários são notificados para adequação das calçadas em Dourados