Murilo oficializa apoio do município contra a PEC 37

O prefeito Murilo oficializou na manhã desta quinta-feira o apoio contra a PEC-37 (Proposta de Emenda à Constituição) conhecida como "PEC da Impunidade", que limita o poder de investigação do Ministério Público. A formalização foi feita durante ato realizado no Plenário José Cerveira, no CAM (Centro Administrativo Municipal), com a participação de vereadores, do vice-prefeito Odilon Azambuja, promotores, procuradores, representantes da segurança pública e servidores públicos.


"É um ato simbólico para demonstrar a nossa insatisfação contra uma proposta de emenda que só visa o retrocesso do Brasil e tira a garantia do cidadão na vitória contra a impunidade dos crimes organizados, políticos e outros", disse o prefeito de Dourados.

Murilo lembrou que a sua posição contra a proposta faz parte de uma trajetória de homem público desde quando deputado estadual, deputado federal e vice-governador, cabendo a ele, como prefeito, ajudar a defender o cidadão contra um ato que pode beneficiar poucos, em detrimento de toda à população.

"Na minha trajetória na vida pública, como deputado, tive a experiência de participar de investigações que envolviam CPIs. Na época trabalhamos em parceria com os promotores e procuradores e não seria agora que deixaria de concordar que o Ministério Público deve continuar investigando esses tipos de crimes, que lesam o cidadão", afirmou o prefeito de Dourados.

O presidente da Câmara Municipal, Idenor Machado, também oficializou apoio contra a PEC 37, como representante do Poder Legislativo.

O promotor de justiça Ricardo de Melo Alves citou que o Ministério Público vem fazendo uma extensa campanha em todo Brasil para que a PEC 37 não seja levada em frente. "Estamos colhendo assinaturas em todo Brasil. Em Dourados temos até agora 12 mil assinaturas contra a PEC. Precisamos de apoio da população, demonstrando repúdio contra a proposta que tira poder de investigação e que fará com que Brasil retroceda igual a países como Quênia, Uganda e Indonésia", afirmou.

Os promotores convidaram a população para um ato público que será realizado no dia 18, às 9h, na Praça Antônio João. No local também serão colhidas assinaturas de apoio contra a PEC 37. O objetivo é colher até, o final de maio, pelo menos 20 mil assinaturas em Dourados.

Legenda: Prefeito Murilo apoia campanha do Ministério Público contra a PEC da Impunidade
Crédito: A. Frota

Mais lidas

Faculdades de Medicina no Paraguai: Universidade USCA abre 280 vagas para curso de medicina e inscrições já estão abertas.

Veja a relação dos candidatos a vereador em Dourados com número que aparece na urna

Proprietários são notificados para adequação das calçadas em Dourados