Creas atende 50 casos de abuso e exploração contra crianças

O Creas (Centro de Referência Especializado de Assistência Social), órgão da Prefeitura de Dourados coordenado pela Secretaria de Assistência Social, atendeu de janeiro a junho deste ano 50 casos de abusos e exploração contra crianças e adolescentes, segundo informou a coordenadora do órgão Marisa de Paula Brandão durante ato público realizado na Câmara de Vereadores na noite de quarta-feira.

O Creas participou como parceiro do evento, promovido pela Comissão de Direitos Humanos da Câmara. O tema do evento foi "Abuso e Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes".


Para a coordenadora do Creas, o objetivo das campanhas é incentivar as denúncias. Durante todo o ano passado o Creas fez 86 atendimentos a casos de exploração. "Neste ano até junho já são 50. Obviamente não é bom saber da existência destes crimes, mas é um sinal de que as campanhas estão surtindo efeito e as pessoas estão se conscientizando que devem denunciar".

Ela lembra que identificar o abuso ou a exploração é somente o primeiro passo. Com a denúncia, a criança ou adolescente recebe os cuidados médicos necessários e o tratamento psicológico para que possa se recuperar do trauma sofrido.

De acordo com o presidente da Comissão de Direitos Humanos da Câmara Dirceu Longhi, o abuso e a exploração sexual precisam ser combatidos com políticas públicas que sejam colocadas em prática. Por isso a iniciativa do evento, realizado para lembrar o Dia Municipal do Enfrentamento ao Abuso e à Exploração contra Crianças e Adolescentes (dia 29).

O ato público teve a participação do Creas com a coordenadora Marisia de Paula Brandão, da psicóloga Adriana Garritano, dos vereadores Dirceu Longhi e Virgínia Magrini, do presidente do Comcex (Comitê Municipal de Enfrentamento da Violência e de Defesa dos Direitos Sexual de Crianças e Adolescentes) Rogério Fernandes, da promotora de Justiça da Infância e Adolescência Fabrícia Barbosa Lima e de representes de demais órgãos que fazem parte da rede de proteção à criança e ao adolescente de Dourados e Mato Grosso do Sul.

Legenda: Ato público na Câmara lembrou Dia Municipal do Enfrentamento ao Abuso e à Exploração contra Crianças e Adolescentes
Crédito: A. Frota

Mais lidas

Faculdades de Medicina no Paraguai: Universidade USCA abre 280 vagas para curso de medicina e inscrições já estão abertas.

Veja a relação dos candidatos a vereador em Dourados com número que aparece na urna

Proprietários são notificados para adequação das calçadas em Dourados