Geraldo encampa luta pela emancipação do Assentamento Itamarati

Em reunião no assentamento, deputado também anuncia recursos para a construção de um mini hospital para moradores do maior assentamento do Brasil

O deputado Federal Geraldo Resende (PMDB) está encampando luta pela emancipação do Assentamento Itamarati, no município do Ponta Porã. A intenção, dos mais de 18 mil habitantes que residem na Itamarati é garantir autonomia financeira e investimentos no local, que segundo a comunidade está abandonado pelo poder público. De acordo com o presidente da Associação de Moradores, José Roberval Barbosa Lela,  apesar de toda a produção agrícola, o assentamento não recebe investimentos.

Durante reunião no assentamento, o deputado Geraldo Resende destacou a recente aprovação pela Câmara Federal do projeto de lei complementar 416/2008 que poderá motivar a criação de 400 novos municípios no país. O texto estabelece as regras de incorporação, fusão, criação e desmembramento de municípios e determina que distritos poderão se emancipar após a realização de um plebiscito.
O texto-base aprovado é um substitutivo, com várias alterações no projeto original aprovado pelo Senado em 2008, de autoria do senador Mozarildo Cavalcanti (PTB-RR). As modificações atendem a reivindicações da Confederação Nacional dos Municípios (CMN). Devido às alterações, o projeto terá que voltar ao Senado antes de ir à sanção presidencial.
"Tenho a certeza de que em Mato Grosso do Sul o assentamento Itamarati tem grande potencial para se tornar município. Basta o empenho dos moradores nesta luta e a disposição de seus representantes na causa. No que depender deste parlamentar vamos lutar incansavelmente para que este sonho se torne realidade e o que é produzido e pago de impostos pelos moradores sejam revertidos em bens aos moradores".
Geraldo Resende também apresentou aos moradores documento do Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra) com o pedido de energização do Núcleo Urbano. A instalação deve acontecer nos próximos 30 dias.
Geraldo Resende também anunciou a destinação de recursos no valor de R$ 600 mil para a construção de um mini hospital no assentamento. Outros R$ 600 mil foram assegurados pelo senador Delcídio do Amaral. "Queremos levar mais saúde para a população. Vejo que as estruturas no assentamento ainda não atendem a demanda existente. Pensando principalmente nas crianças e nos idosos é que lutamos por mais esta conquista", destaca.
A história de Geraldo Resende com o Assentamento Itamarati é antiga. Em 2006 o parlamentar destinou R$ 153 mil de emenda individual para a construção de uma Unidade Básica de Saúde no Assentamento. Também viabilizou, através de articulação política a construção da Escola estadual de ensino médio José Edson Domingos dos Santos , que está em construção no assentamento.
  
Foto: Div
Leg:
Deputado Geraldo Resende anuncia mini hospital no Assentamento Itamarati

Mais lidas

Faculdades de Medicina no Paraguai: Universidade USCA abre 280 vagas para curso de medicina e inscrições já estão abertas.

Veja a relação dos candidatos a vereador em Dourados com número que aparece na urna

Proprietários são notificados para adequação das calçadas em Dourados