Murilo fala a juiz, procuradores e empresários sobre projetos de trânsito

O prefeito Murilo recebeu na manhã desta quinta-feira uma comissão formada por juiz e procuradores federais, além de empresários. Eles solicitaram melhorias no trânsito da Rua Aquidauana, na região da agência do INSS (Instituto Nacional de Seguridade Social), onde fluxo de veículos que estacionam e transitam pela via aumentou consideravelmente.

O juiz federal Júlio César e os procuradores do INSS Carlos Augusto Weinand e Danila Alves Costa, além de empresários, sugeriram algumas adaptações, como abertura de canteiros para estacionamento, adequação das calçadas para acessibilidade e retorno no canteiro central, para melhorar a mobilidade naquela região.


Murilo ouviu os pedidos e determinou que o diretor-presidente da Agetran (Agência de Transporte e Trânsito), Walter Hora, e um engenheiro de trânsito marquem uma reunião com a comissão, para avaliar a situação do trânsito no local e fazer um projeto para atender as necessidades e resolver o problema.

O prefeito disse que a atual administração vem adotando todas as medidas necessárias para adequar o trânsito da cidade diante da atual realidade. "Hoje temos um número muito grande de veículos que circulam na área urbana de Dourados, inclusive carros outras cidades, por isso estamos buscando adequar o trânsito da melhor forma".

Murilo citou a criação da Agetran, um órgão especial para tratar dos assuntos de trânsito. Também falou do concurso para contração de 33 agentes de trânsito que já estão treinados e capacitados para fiscalizar e orientar os condutores. 

Várias outras ações foram adotadas nos últimos dois anos para melhorar o tráfego, como retirada de rotatórias da Avenida Marcelino Pires, ampliação de cruzamentos com semáforos, instalação e manutenção de sinalização vertical e horizontal, recapeamento em ruas de maior fluxo de veículos e operação tapa-buraco constante. Também foi feita adaptação dos horários para que os caminhões possam circular em algumas vias da cidade de forma a não congestionar o trânsito.

Também estavam presentes na reunião o procurador-geral do Município Alessandro Lemes Fagundes e o secretário de Infraestrutura e Desenvolvimento Jorge De Lúcia, além do diretor-presidente da Agetran Walter Hora.

Legenda: Murilo reunido com juiz federal, desembargadores e empresários de Dourados
Crédito: A. Frota

Mais lidas

Faculdades de Medicina no Paraguai: Universidade USCA abre 280 vagas para curso de medicina e inscrições já estão abertas.

Veja a relação dos candidatos a vereador em Dourados com número que aparece na urna

Proprietários são notificados para adequação das calçadas em Dourados