Murilo quer ajuda de estudantes em novo modelo de transporte coletivo

Representantes de acadêmicos foram convidados pelo prefeito Murilo a acompanhar concorrência pública para escolher empresa que vai explorar novo sistema

Os estudantes de Dourados, representando a classe acadêmica e a população em geral, vão ajudar a prefeitura e a Câmara de Vereadores na elaboração do novo modelo de transporte coletivo urbano. Para o prefeito Murilo, o novo sistema é fator determinante para melhorar a qualidade do serviço, tão criticado pelos usuários dos ônibus.

O convite para que os estudantes acompanhem os estudos e dêem sugestões sobre o novo sistema foi feito pelo prefeito durante reunião na manhã desta quarta-feira, com a presença de dezenas de acadêmicos e vereadores.


Uma comissão será indicada pelos universitários e nos próximos dias o grupo terá a primeira reunião com o diretor-presidente da Agetran (Agência de Transporte e Trânsito), Walter Hora. O prefeito Murilo quer que todos os projetos já em andamento visando o novo modelo de transporte coletivo sejam disponibilizados para que os acadêmicos possam fazer sugestões.

A prefeitura já tem uma pesquisa, feita por uma empresa gaúcha especializada em transporte urbano, e já realizou uma audiência pública na Câmara de Vereadores, no dia 27 de maio. Também já elabora estudos visando a implantação de dois terminais de transbordo e já tem aprovado em Brasília um projeto de mobilidade urbana, orçado em R$ 50 milhões, para investimento em infraestrutura de transporte e acessibilidade.

LICITAÇÃO
Os estudantes também vão acompanhar, juntamente com representantes de outros segmentos da sociedade, o processo de concorrência pública a ser aberto pela prefeitura para contratar a empresa que terá a concessão do transporte coletivo urbano. A licitação será iniciada assim que o novo sistema for definido. "Precisamos decidir o modelo que queremos, para abrir a licitação e ver quais empresas têm interesse em assumir esse serviço", explicou o prefeito.

Durante a reunião, Murilo sugeriu que os universitários ocupem uma cadeira no Conselho de Transporte Coletivo do município e se dispôs a encaminhar um projeto de lei à Câmara, se for necessário para abrir a vaga aos estudantes.

Após a reclamação de alguns representantes dos universitários sobre as condições precárias dos ônibus do transporte coletivo urbano e problemas nos horários e itinerários, Murilo disse que desde que assumiu a prefeitura tem cobrado melhorias, mas a empresa não demonstra interesse em fazer investimentos por não saber se continuará explorando o serviço.

"O serviço prestado pela atual concessionária é ruim, muito ruim. Mas só uma nova concorrência pública pode resolver essa questão e para isso precisamos definir qual modelo de transporte coletivo queremos, para apresentar nossas exigências. É nesse ponto que conto com a colaboração, não só dos universitários, mas de todos os demais usuários", afirmou o prefeito.

Os estudantes cobraram redução pela metade do prazo de prorrogação do contrato com a atual concessionária de transporte coletivo. Na terça-feira os vereadores aprovaram a prorrogação por mais 12 meses. Murilo disse que não vê problema em reduzir o prazo, desde que o novo sistema esteja elaborado e a concorrência seja feita nesse período.

Após intervenção dos vereadores Dirceu Longhi e Pastor Cirilo, houve consenso para manutenção do prazo de até 12 meses. O prefeito também afastou a possibilidade de conceder reajuste da tarifa. Disse que a empresa pediu o aumento em março, mas ele não concedeu, porque primeiro queria ouvir a população. "Não decidimos nada na canetada", declarou Murilo aos estudantes.
 
Thiago dos Santos, aluno do curso de economia, um dos porta-vozes do grupo recebido pelo prefeito, disse que houve avanços importantes durante a reunião, mas considera as medidas ainda não satisfatórias. "Vamos levar ao conhecimento dos demais universitários e vamos acompanhar essa nova concessão", afirmou.

Legenda: Murilo reunido com vereadores e estudantes universitários; prefeito convidou acadêmicos a participarem do novo modelo de transporte coletivo
Crédito: A. Frota

Mais lidas

Faculdades de Medicina no Paraguai: Universidade USCA abre 280 vagas para curso de medicina e inscrições já estão abertas.

Veja a relação dos candidatos a vereador em Dourados com número que aparece na urna

Proprietários são notificados para adequação das calçadas em Dourados