Sala do Empreendedor facilita desenvolvimento de Dourados

Com o workshop sobre ICMS, prefeitura e parceiros lançaram a sala que unificará atendimento aos empreendedores

"A Sala do Empreendedor tem o objetivo de obter as primeiras informações e de dar asas ao sonho". Assim o diretor técnico do Sebrae MS Tito Estanqueiro resumiu a Sala do Empreendedor de Dourados, lançada na manhã desta terça-feira, no auditório da Aced. O Sebrae é um dos parceiros da Prefeitura de Dourados na ação.


A secretária de Desenvolvimento Econômico Sustentável Neire Colman explicou que a sala segue a proposta do prefeito Murilo, de agilizar e desburocratizar o atendimento ao empresário. "Nosso público-alvo é o empresário que vai montar um negócio, que pretende modernizá-lo, precisa de recursos financeiros para ampliar e de informações da prefeitura, seja ele pequeno ou grande", disse a secretária. "Com isso queremos cumprir essa determinação do prefeito".
 
Para Tito Estanqueiro, Dourados é uma cidade onde se percebe o desenvolvimento dia a dia. Ele destacou a importância da Sala para atender, sobretudo, os pequenos negócios, que no conjunto geram mais empregos que os grandes. Falou ainda da necessidade da inserção dos pequenos negócios nas compras governamentais. Nesse sentido, ele acha muito importante a iniciativa da prefeitura de apoiar e incentivar o empreendedorismo. "Dourados tem enorme potencial como município polo para empreender e tem um apoio institucional constituído muito grande".

O superintendente regional do Sicredi Fábio José de Almeida parabenizou a iniciativa da prefeitura e disse que a cooperativa é parceira devido à importância do projeto. "Esse ambiente vem muito de encontro ao que a gente necessita", disse ele, lembrando que em Dourados a cooperativa tem pelo menos mil filiados que são pessoas jurídicas.

O presidente da Aced Antônio Nogueira disse que a associação pode contribuir muito na parceria com a Sala em alguns requisitos que lhe são próprios. Já o presidente do Sindicato dos Contabilistas de Dourados Delson Lazarini lembrou que os trâmites para a documentação de uma empresa dentro da prefeitura já são rápidos. "A sala pode ajudar ainda mais", afirmou.

Além do Sebrae, são parceiros da Sala do Empreendedor a Aced, Jucems, Receita Federal, Corpo de Bombeiros, Banco da Gente, Banco do Brasil, Caixa Econômica Federal, Sicredi, Vigilância Sanitária, Secretaria de Fazenda (Central de Atendimento ao Cidadão), Secretaria de Infraestrutura e Desenvolvimento (Alvará de Funcionamento), o Imam (Instituto de Meio Ambiente), Sindicato dos Contabilistas de Dourados e o Confaz/MS (Conselho dos Secretários Municipais de Receita, Fazenda e Finanças do MS).

Durante o lançamento aconteceu o workshop "ICMS: Competitividade Empresarial e Incentivos Fiscais", com o tributarista Clélio Chiesa, o diretor do Sebrae Tito Estanqueiro, o contabilista Delson Lazarini e o presidente da Aced Antônio Nogueira. O mediador foi o professor da área de administração da Unigran Valdir da Costa Pereira.

ATENDIMENTO
Nesta quarta-feira, das 8h30 às 10h30, A Sala do Empreendedor tem atendimento do Sebrae. Na quinta tem o Corpo de Bombeiros e na sexta tem o Iman, sempre no mesmo horário. Na parte da tarde, das 14h às 16h, tem na quarta o Sicredi, na quinta o Sindicato dos Contabilistas e na sexta a Secretaria de Desenvolvimento e Infraestrutura.

O atendimento é feito na sede da Secretaria de Desenvolvimento Econômico Sustentável, que desenvolveu e coordena o projeto, na Avenida Weimar Gonçalves Torres, 1.680-B, ao lado do edifício Adelina Rigotti.

Legenda: Sala do Empreendedor é mais um projeto da administração Murilo em apoio ao desenvolvimento de Dourados; lançamento foi nesta terça-feira
Crédito: A. Frota

Mais lidas

Faculdades de Medicina no Paraguai: Universidade USCA abre 280 vagas para curso de medicina e inscrições já estão abertas.

Veja a relação dos candidatos a vereador em Dourados com número que aparece na urna

Proprietários são notificados para adequação das calçadas em Dourados