Contratação de médicos estrangeiros é tema de audiência pública em Dourados


A Câmara Municipal de Dourados, por proposição do vereador Alan Guedes (DEM), realiza audiência pública na próxima segunda-feira (8) para discutir a possível contratação de médicos estrangeiros para atuar no Brasil mesmo sem terem prestado o Exame Nacional de Revalidação de Diplomas Médicos Expedidos por Universidades Estrangeiras.

A audiência começa às 19h, no Plenário da Câmara e terá como palestra principal o tema "Contratação de médicos estrangeiros sem diploma: Sim ou Não?" ministrado pelo médico e também deputado federal Luiz Henrique Mandetta (DEM).


"Nosso objetivo é debater com a classe médica a medida anunciada pelo Ministério da Saúde sobre a contratação de médicos estrangeiros (Espanha, Cuba e Portugal) para atuarem em instituições localizadas no interior e em regiões mais pobres do Brasil", explica Alan Guedes.

Ainda segundo o vereador, "o assunto está em fase de estudo e é preciso ampliar o diálogo entre os médicos brasileiros com a classe política que precisa conhecer o cenário de atuação do profissional da saúde", finaliza.

De acordo com o Ministério da Saúde o déficit atual de médicos é de 54 mil profissionais. Indicadores da Organização Mundial de Saúde (OMS) revelam que o Brasil tem uma média de 1,8 médico a cada mil habitantes, contra 1,9 da Venezuela, 2,4 do México, 3,2 da Argentina e 6 para cada mil habitantes em Cuba.

O governo federal afirma que está é medida emergencial para sanar os problemas de atendimentos no Sistema Único de Saúde (SUS) e ressalta que o Brasil é um dos países que menos emprega médicos estrangeiros.

Convidados 
Foram convidados para o debate o presidente da Associação Médica, Dr. Leidniz Guimarães da Silva e o diretor do curso de medicina da Universidade Federal da Grande Dourados (UFGD), Dr. Júlio Henrique Rosa Croda.
 
Alan Guedes destaca que "é importante não apenas a presença da classe médica, mas também de toda a população que usa diariamente os serviços da área de saúde".

Mais lidas

Faculdades de Medicina no Paraguai: Universidade USCA abre 280 vagas para curso de medicina e inscrições já estão abertas.

Veja a relação dos candidatos a vereador em Dourados com número que aparece na urna

Proprietários são notificados para adequação das calçadas em Dourados