Dourados mantém alerta contra Dengue

O mais recente Liraa (Levantamento do Índice Rápido do Aedes aegypti) mostra que Dourados apresenta risco médio de dengue, podendo evoluir para novos casos da doença. O levantamento feito entre os dias 1º a 4 deste mês com base em amostragem de oito setores do município, aponta índice de 1,35% de infestação. Foram inspecionados 3.324 imóveis e encontrados 45 focos do transmissor da dengue.

De acordo com o diretor de Vigilância em Saúde Eduardo Arteiro Marcondes, o levantamento foi feito logo após as intensas chuvas que caíram na cidade. "Com isso ficaram muito depósitos de água parada, o que representa aumento da população de mosquito. O risco ainda é maior, já que o frio não tem sido intenso em Dourados nos últimos dias. O calor e água parada, todo mundo sabe, formam uma excelente combinação para o aumento dos focos".


Conforme o levantamento, 40% dos depósitos foram encontrados em pratos, frascos, garrafas, latas, vasos com plantas e bebedouros de animais. Os depósitos de lixo e outros resíduos sólidos representaram 36%. Em percentual menor, as larvas do Aedes aegypti também foram localizadas em pneus, caixas d'água, piscinas e laje das casas.

A Secretaria de Saúde informa que Dourados ainda mantém um índice aceitável de casos confirmados, levando em consideração que este ano Mato Grosso do Sul teve uma epidemia de dengue. De janeiro até o fim de junho, Dourados notificou 2.351 casos suspeitos, dos quais 1.769 foram confirmados.

Desde maio, Dourados está na 68ª posição estadual em nível de incidência de dengue. Destaca-se que dos 79 municípios do estado, 97,46% estão classificados como de alta incidência.

O secretário de Saúde Sebastião Nogueira informou que por determinação do prefeito Murilo as equipes de agentes de endemias não pararam com o serviço. As orientações à população e trabalho de vistoria em residências são feitos de forma constante. Até o final de junho, 33.783 pessoas em todas as regiões da cidade tinham sido orientadas por meio de palestras, orientações e através de abordagem individual nas vias públicas.

"O nosso objetivo é eliminar todos os possíveis criadouros de focos de mosquito, mas sempre conscientizando a população a combater e prevenir a dengue com ações simples e diárias", destacou Eduardo Arteiro Marcondes.

Legenda: Prefeitura mantém ação contra a dengue nos bairros de Dourados; chuva facilita proliferação do mosquito transmissor
Crédito: A. Frota

Mais lidas

Faculdades de Medicina no Paraguai: Universidade USCA abre 280 vagas para curso de medicina e inscrições já estão abertas.

Veja a relação dos candidatos a vereador em Dourados com número que aparece na urna

Proprietários são notificados para adequação das calçadas em Dourados