Guarda Municipal garante mais segurança em escolas de Dourados


No primeiro semestre deste ano a Ronda Escolar da Guarda fez 3.768 visitas em escolas e registrou 220 boletins de ocorrência

A Prefeitura de Dourados através da Ronda Escolar desenvolvida pela Guarda Municipal garante mais segurança nas instituições de ensino da cidade. No primeiro semestre deste ano foram 3.768 visitas às unidades escolares, com o registro de 222 boletins de atendimento. O trabalho é uma das preocupações do prefeito Murilo para garantir segurança aos estudantes e tranquilidade aos pais de alunos.


O número significa uma redução de pelo menos 30% nas ocorrências dentro e ao redor das escolas, se comparado ao mesmo período do ano passado. Segundo o comandante da Guarda Municipal João Vicente Chencarek, a redução é resultado do trabalho preventivo, o tempo de resposta aos chamados e a divisão das atividades por setor.

"Os guardas não fazem apenas rondas fora das escolas, dentro das viaturas. Nas visitas eles descem nas unidades escolares, conversam com os diretores para verificar se está tudo bem. Cada equipe é responsável por uma região da cidade, assim está sempre próxima quando acionada para atender a uma ocorrência", afirmou o comandante.

A Guarda atende 55 escolas municipais, estaduais e particulares, que ao todo possuem 60 mil alunos. Um dos perfis do trabalho desenvolvido é o contato direto com a comunidade escolar. "As equipes que cuidam de cada área já conhecem os diretores, os alunos, pais", explica João Vicente.

CONSCIENTIZAÇÃO
A Guarda Municipal também realiza nas escolas palestras preventivas sobre temas diversos, entre estes a violência, o trânsito e o combate às drogas. São dez guardas treinados para o trabalho, com uso de materiais didáticos.

"Temos amostras dos tipos de drogas mais comuns que são apresentadas aos estudantes, para que eles conheçam e não sejam enganados por outros por não saber o aspecto que determinada droga tem", exemplificou o comandante. Pelo menos 50 palestras já foram ministradas neste ano em escolas municipais e estaduais, inclusive, na Reserva Indígena de Dourados.

A escolha dos temas a serem debatidos é feita tanto por sugestão dos diretores quanto pelas equipes da Guarda. "Se no acompanhamento a gente detecta um problema na escola, como agressão entre colegas ou consumo de drogas nas proximidades, por exemplo, nós mesmos sugerimos o trabalho de prevenção e os diretores sempre acatam".

"O trabalho desenvolvido é de suma importância e temos percebido resultado nas escolas. Adquirindo conhecimentos desde pequena, estimula na criança ao combate à violência, ao uso de drogas, e estimula o respeito no trânsito", afirmou a secretária de Educação, Marinisa Mizoguchi, lembrando que a educação é uma das prioridades da administração do prefeito Murilo.

PATRIMÔNIO
De forma estratégica, a Guarda também possui equipes em postos fixos no PAM (Pronto Atendimento Médico) das 18h meia-noite, Terminal Rodoviário Renato Lemes Soares, Praça Antônio João, Parque Antenor Martins e Central de Atendimento ao Cidadão.

A ação é para exercer seu papel fundamental de proteção ao patrimônio público, tanto que viaturas estão destacadas para percorrer os demais órgãos da administração municipal. Ainda é feito pela Guarda o trabalho de prevenção no trânsito e flagrantes de delitos. Este último é encaminhado para as polícias Militar e Civil.

Legenda: Guardas municipais fizeram 3.700 visitas em escolas de Dourados, mas ocorrências diminuíram neste ano
Crédito: A. Frota

Mais lidas

Faculdades de Medicina no Paraguai: Universidade USCA abre 280 vagas para curso de medicina e inscrições já estão abertas.

Veja a relação dos candidatos a vereador em Dourados com número que aparece na urna

Proprietários são notificados para adequação das calçadas em Dourados