Preço do gás varia 24% em Dourados, mostra Procon

A Prefeitura de Dourados através do Procon realizou nesta terça-feira a pesquisa de preço do gás de cozinha botijão de 13 kg em 27 estabelecimentos comerciais da cidade. O menor preço encontrado foi de R$ 42,00 e o maior de R$ 52,00. A diferença entre o menor preço e o maior é de 24%.
Em comparação à pesquisa anterior, o gás de cozinha mais barato apresentou variação a mais de 12,5%. Os preços pesquisados são referentes à venda a vista sem taxa de entrega, que varia de acordo com a região. O preço para venda com cartão de crédito deve ser igual ao preço à vista.

O Procon orienta o consumidor a só comprar botijão de gás de estabelecimentos comerciais regulares na ANP (Agência Nacional do Petróleo), que fiscaliza a atividade em todo o país.

Todo botijão deve trazer lacre sobre a válvula, com a marca da empresa engarrafadora. No corpo do botijão, essa marca deve estar impressa. Na presença do funcionário, examine o botijão para ver se está em boas condições. Exija a nota fiscal. Caso o revendedor se recuse a emitir a nota, o consumidor deve desconfiar, pois gás adulterado não tem documentação.

Se desconfiar de vazamento, o consumidor deve fazer o teste passando uma esponja molhada e ensaboada na válvula do botijão. Se tiver vazamento, o fornecedor é obrigado a prestar assistência técnica.

Os telefones do Procon para mais informações ou reclamação são o 151 e 3411-7754.

Mais lidas

Faculdades de Medicina no Paraguai: Universidade USCA abre 280 vagas para curso de medicina e inscrições já estão abertas.

Veja a relação dos candidatos a vereador em Dourados com número que aparece na urna

Proprietários são notificados para adequação das calçadas em Dourados