Prefeito de Caarapó reúne secretários e determina corte de gastos

O prefeito de Caarapó, Mário Valério (PR), fez a primeira reunião de secretários depois das férias coletivas, na terça-feira (23). Em pauta, além dos assuntos corriqueiros ligados às diversas pastas da administração municipal, um tema se destacou: a queda da arrecadação municipal, especialmente do Fundo de Participação dos Municípios (FPM) – que são os recursos transferidos pela União.
Valério explicou que, apenas em relação ao mês de junho, o FPM caiu cerca de 30%. "Isso faz com que tenhamos de promover corte de gastos. Infelizmente, a prestação de alguns serviços será desacelerada", afirmou o prefeito.
De acordo com o prefeito de Caarapó, o setor de Finanças da prefeitura está promovendo os devidos ajustes para que a perda de receita não prejudique setores essenciais da administração, como saúde e educação, além da folha de pagamento dos servidores. "Apenas a prestação de alguns serviços será reduzida, mas sem parar totalmente", observou. Nesse aspecto, está suspenso o pagamento de horas extras, por exemplo.

No primeiro semestre, a prefeitura tocou a todo vapor a máquina da administração municipal, com a execução de serviços na sede do município, distritos e zona rural. Somente em Cristalina, as ruas sem pavimentação asfáltica receberam serviços de encascalhamento. Obras semelhantes foram executadas em diversas estradas na zona rural. A reserva indígena Te'ýikue também foi contemplada com serviços de recuperação de estradas. Em Nova América, a prefeitura promoveu a recuperação de ruas. Em Caarapó, estão sendo executadas obras de pavimentação asfáltica na Vila Planalto. A Vila 70 e o Jardim Aprazível estão sendo contemplados com a construção de uma praça.
"Esperamos que esse momento de crise passe rapidamente, para não frustrar o nosso plano de obras e serviços que idealizamos para este ano", destacou o prefeito Mário Valério, demonstrando confiança na recuperação da economia brasileira, o que geraria fôlego para os municípios. "A gente confia que tudo isso seja apenas uma pequena turbulência, mas precisamos ficar atentos em relação às finanças. Precisamos ser austeros no dispêndio dos recursos municipais, contemplando as obras e outras ações de nossa responsabilidade", concluiu o prefeito de Caarapó.
Foto: Jairo Pinheiro
O prefeito Mário Valério discute com os secretários municipais o plano de ação para o segundo semestre; a ordem é economizar

Mais lidas

Faculdades de Medicina no Paraguai: Universidade USCA abre 280 vagas para curso de medicina e inscrições já estão abertas.

Veja a relação dos candidatos a vereador em Dourados com número que aparece na urna

Proprietários são notificados para adequação das calçadas em Dourados