Prefeito de Jardim emprega o pai e a esposa com cargos no primeiro escalão

Vereador do PSDB, Guilherme Monteiro protocola pedido de providência no Ministério Público

O prefeito de Jardim (MS), Erney Cunha Bazzano Barbosa (PT), empregou o pai Fernando Barbosa como Secretário de Finanças, a esposa Jaqueline Ayala como secretária de Promoção Social e, no que seria configurado nepotismo cruzado, o marido da vereadora aliada Rose, Amauri Lopes, como secretário de Governo.

Com base em dispositivos das Constituições Federal e Estadual e da Lei Orgânica do município de Jardim, que vedam o nepotismo, o vereador Guilherme Monteiro (PSDB) protocolou na tarde de sexta-feira (26/7) pedido de providências na Promotoria de Justiça da comarca.

Guilherme justifica que pediu providências para dar vazão às reivindicações da população jardinense, que o tem procurado cobrando solução. "As reivindicações estão chegando até mim do povo, por isso decidi pedir providências ao Ministério Público", disse Guilherme.

O vereador já havia postado cópia do pedido no seu perfil no Facebook. Veja no link:


--
Alcindo Rocha

Mais lidas

Faculdades de Medicina no Paraguai: Universidade USCA abre 280 vagas para curso de medicina e inscrições já estão abertas.

Veja a relação dos candidatos a vereador em Dourados com número que aparece na urna

Proprietários são notificados para adequação das calçadas em Dourados