Audiência Pública vai discutir a UNEI


DOURADOS – Preocupado com a superlotação na Unidade Educacional de Internação (Unei) para menores infratores, o presidente da Comissão de Direitos Humanos da Câmara de Dourados, o vereador Dirceu Longhi (PT) propõe, juntamente com o deputado estadual Laerte Tetila (PT), presidente da Comissão de Trabalho, Cidadania e Direitos Humanos do Legislativo de Mato Grosso do Sul, uma audiência pública sobre a situação da Unei Laranja Doce de Dourados.
O evento está previsto para o dia 5 de setembro, às 19h, na Câmara de Dourados. A audiência contará com as presenças da promotora da Infância e Juventude de Dourados, Fabricia de Lima Barbosa, a presidente do Conselho Municipal da Criança e do Adolescente (CMDCA), Simone Beatriz Ferrari e um representante da Secretaria Estadual de Segurança Pública, que também ministrarão palestras sobre o tema. Também foi convidado, o diretor da Unidade, José Marcondes Nantes Brito.

De acordo com Dirceu Longhi, os principais pontos a serem debatidos são a superlotação do presídio e a falta de estrutura do local. "A carência de profissionais, como carcereiros, psicólogos, pedagogos, entre outros, é um ponto muito importante que será debatido durante a audiência, já que a falta desses profissionais, pode acarretar em possíveis rebeliões.  A falta de estrutura prejudica as atividades dos internos em programas educacionais que garante lazer, cultura e também a reinserção na sociedade", lembrou o vereador.
Dirceu lembra que no início de agosto houve uma tentativa de rebelião na Unei Dourados, devido a superlotação. O tumulto foi iniciado por cinco detentos de alta periculosidade, sendo quatro de Campo Grande e um de Ponta Porã, que estariam fomentando as ações de rebeldia. O presídio para menores pode abrigar até 40 detentos, mas no momento está com o dobro da capacidade.

Mais lidas

Faculdades de Medicina no Paraguai: Universidade USCA abre 280 vagas para curso de medicina e inscrições já estão abertas.

Veja a relação dos candidatos a vereador em Dourados com número que aparece na urna

Proprietários são notificados para adequação das calçadas em Dourados