Dourados se consolida como polo de manutenção industrial


Lançamento do congresso tecnológico da cana e feira do setor metalmecânico atraiu importantes lideranças e autoridades do setor



Após as falas de importantes autoridades e lideranças do setor sucroenergético, na noite de segunda-feira no lançamento do 7º Canasul e 3ª Feira Agrometal, não restam mais dúvidas de que Dourados será o polo de manutenção industrial do Estado. "Eu trouxe comigo empresários para mostrar a eles como o setor cresce aqui em Dourados", disse Antonio Eduardo Tonielo Filho, presidente do Ceise Br, que está instalando uma filial da instituição na cidade.




O Ceise Br (Centro Nacional das Indústrias do Setor Sucroenergético e Biocombustíveis), com sede em Sertãozinho (SP), é a maior instituição de apoio à indústria de manutenção no Brasil. "Dourados fez o pedido para que a gente viesse e estamos aqui graças ao empenho do prefeito Murilo", afirmou Tonielo. "É um setor que divide renda; diferente do petróleo, em que os 15 bilhões de dólares que o Brasil importou neste ano ficam com os sheiks".



A secretária estadual de Desenvolvimento Agrário, da Produção, da Indústria, do Comércio e do Turismo Tereza Cristina Corrêa da Costa também elogiou a iniciativa do prefeito Murilo de chamar a responsabilidade para si de criar em Dourados o polo de manutenção das indústrias de MS. "O Canasul e a Agrometal serão um sucesso", afirmou Tereza, que representou o governador André Puccinelli. A secretária ainda disse que a energia gerada pelas usinas de etanol e açúcar já são suficientes para abastecer todas as residências do Estado.



O deputado federal Reinaldo Azambuja (PSDB) destacou a importância do 7º Canasul e 3ª Feira Agrometal. Esses eventos, segundo ele, são muito importantes para um setor fundamental para a economia de MS. Destacou a logística de Dourados em relação à maioria das usinas instaladas no Estado e lembrou que as ferrovias vão colocar a cidade ainda mais em condição favorável para a indústria.



"No cenário político Dourados está de parabéns com o prefeito Murilo", afirmou o presidente da Fiems (Federação das Indústrias de MS), Sérgio Longen, destacando a cidade como polo regional. "O Murilo tem trabalhado para que Dourados seja o polo de manutenção e isso cada vez mais tem se firmado", disse Longen. "No Canasul e Agrometal vamos discutir ações para ampliar ainda mais a indústria na Grande Dourados". Longen também falou dos investimentos da Fiems na cidade, incluindo o novo Senai.



POLO DE MANUTENÇÃO

Para Roberto Hollanda Filho, presidente da Biosul (Associação dos Produtores de Bionergia de Mato Grosso do Sul), Dourados é exemplar no setor sucroenergético, porque investe e faz parcerias para ajudar a atividade a crescer. Também destacou o esforço no prefeito Murilo na instalação de uma rede de parcerias importantes, que está resultando na criação do polo de manutenção do Estado. Hollanda lembrou ainda que o setor sucroenergético cresceu 285% nos últimos 8 anos e o Estado passou de sem expressão nessa área para grande produtor de etanol e açúcar.



O superintendente estadual do Banco do Brasil, Marco Túlio Moraes da Costa, colocou a instituição à disposição dos empresários para financiar projetos de montagem de indústrias e ampliação em Dourados. "Temos todas as condições de apoiar com recursos as indústrias de manutenção a se instalarem em Dourados. Na tarde de segunda-feira, Marco Túlio se reuniu com o prefeito Murilo para discutir o projeto. Ele confirmou ao prefeito que o banco estará presente no Canasul & Agrometal com um programa de apoio às indústrias.



O diretor-superintendente do Sebrae/MS, Cláudio Mendonça, também afirmou que a entidade é parceira do polo do setor de manutenção industrial de Dourados. Ele afirmou que o papel do Sebrae é inserir os micro e pequenos negócios.



Já o presidente da Comissão de Agroenergia da Famasul, Luiz Alberto Moraes Novaes (Mandi), destacou a ação do prefeito Murilo para o fortalecimento do setor sucroenergético. "Parabenizo o prefeito Murilo por criar em Dourados o polo para manter as usinas. Dourados. Já é um polo e com atitudes proativas tem tudo para se fortalecer ainda mais", afirmou. Ele destacou o avanço no setor de pesquisas.



O EVENTO

O 7º Canasul (Congresso da Cana de Mato Grosso do Sul) & 3ª Feira Agrometal do Mato Grosso do Sul acontecem de 2 a 4 de outubro, no pavilhão de eventos Dom Teodardo Leitz, em Dourados. O congresso reúne grandes especialistas do setor sucroenergético em cursos, palestras, work-shopps e simpósios e a Agrometal é uma feira de máquinas, serviços e equipamentos para a indústria e o campo. São esperadas cinco mil pessoas.



Legenda

Prefeito Murilo fala a representantes do setor sucroenergético durante lançamento do Canasul & Agrometal

Roberto Hollanda Filho, presidente da Biosul, fala no lançamento do Canasul & Agrometal

Secretária Tereza Cristina representou o governador André Puccinelli na abertura

Crédito: A. Frota

Mais lidas

Faculdades de Medicina no Paraguai: Universidade USCA abre 280 vagas para curso de medicina e inscrições já estão abertas.

Veja a relação dos candidatos a vereador em Dourados com número que aparece na urna

Proprietários são notificados para adequação das calçadas em Dourados