Ação na praça alerta sobre violência contra pessoa com deficiência


Uma ação educativa realizada no centro de Dourados neste sábado lembrou o Dia Nacional de Luta da Pessoa com Deficiência. O objetivo foi divulgar as ações do CMDPD (Conselho Municipal dos Direitos da Pessoa com Deficiência), os tipos de deficiência mais comuns e incentivar o combate à violência.
A ação foi realizada pelo CMDPD em parceria com a Prefeitura de Dourados através da Secretaria de Assistência Social, que tem membros na entidade. Conselheiros e técnicos ficaram concentrados na Praça Antônio João para entregar materiais informativos.
A blitz ainda foi realizada no semáforo instalado em frente à praça, na Avenida Marcelino Pires. Os participantes levaram faixa e entregaram os panfletos aos condutores de veículos que passaram pelo local, além de fazer orientações.
O alerta principal foi para o esclarecimento dos órgãos que recebem denúncias de violência contra pessoas com deficiência. Além do CMDPD, estão nesta lista o Crea (Conselho Regional de Engenharia, Arquitetura e Agronomia) e o MPF (Ministério Público Federal).

"As pessoas com deficiência ainda sofrem muita violência e de todos os tipos, por isso é necessária essa conscientização, para alertar e também reduzir o preconceito", afirmou o presidente do CMDPD Ronaldo Ferreira Gomes.
De acordo com o conselho, o Dia Nacional foi instituído em 1982. A data é lembrada e comemorada todos os anos como forma de garantir a inclusão social através da reflexão e da busca por novos caminhos e soluções que promovam a cidadania plena e a igualdade de condições.
Legenda: Ação no centro marcou o Dia Nacional de Luta da Pessoa com Deficiência em Dourados
Crédito: A. Frota

Mais lidas

Faculdades de Medicina no Paraguai: Universidade USCA abre 280 vagas para curso de medicina e inscrições já estão abertas.

Veja a relação dos candidatos a vereador em Dourados com número que aparece na urna

Proprietários são notificados para adequação das calçadas em Dourados