“Crack, é possível vencer” já tem 43 agentes capacitados em Dourados


O município de Dourados, único no Mato Grosso do Sul a aderir à proposta do governo federal de promover o enfrentamento às drogas através do "Crack, é Possível Vencer", já está com equipe capacitada para executar o programa. São 43 agentes de segurança pública – 27 guardas municipais, 15 policiais militares e um integrante do Corpo de Bombeiros. A adesão, por iniciativa do prefeito Murilo, ocorreu em agosto deste ano.

Esse grupo passou por um treinamento de 160 horas/aula, preparado para orientar sobre o emprego racional e adequado das tecnologias de menor potencial ofensivo. Foi baseado nos princípios que regem as ações policiais, incluindo o da dignidade humana, da legalidade e da defesa dos direitos humanos.
Na sexta-feira, no Plenário José Cerveira, no CAM (Centro Administrativo Municipal), foram entregues os certificados. Participaram da solenidade o secretário de Justiça e Segurança Pública do Estado Wantuir Jacini, o comandante da Guarda Municipal de Dourados João Vicente Chencareck e representantes do Corpo de Bombeiros, DOF, Polícia Militar e Polícia Civil.
Denominado de Curso Nacional de Multiplicador de Polícia Comunitária, a capacitação envolveu a Prefeitura de Dourados através da Guarda Municipal, a Coordenadoria de Policiamento Comunitário da Secretaria de Justiça e Segurança Pública e coordenação da Senasp (Secretaria Nacional de Segurança Pública) do Ministério da Justiça.
O programa existe desde 2011 e inicialmente foi aberto apenas para a participação dos Estados. Agora em 2013 o governo federal decidiu envolver diretamente os municípios e oferecendo benefícios para os interessados. Dourados se cadastrou e foi um dos 81 em todo o Brasil considerados aptos a executar o programa.
A oficialização da adesão aconteceu no dia 7 de agosto, no Salão Negro do Palácio da Justiça em Brasília, através de representantes da prefeitura designados pelo prefeito, com a presença do ministro da Justiça José Eduardo Cardozo, da secretaria Nacional de Segurança Pública Regina Miki e da ministra da Casa Civil Gleisi Hoffmann.
Com a adesão ao Programa e por Dourados ter sido aprovado, o município receberá um microônibus e câmeras para monitoramento, viaturas sedan, motocicletas, capacetes, armas de condutividade elétrica e spray de pimenta. Além disso, terá a construção de um CAPS (Centro de Apoio Psicossocial) e ampliação de vários outros serviços na área social.
Legenda: Curso do programa "Crack, é Possível Vencer" formou 43 agentes em Dourados; certificados foram entregues sexta-feira
Crédito: A. Frota

Mais lidas

Faculdades de Medicina no Paraguai: Universidade USCA abre 280 vagas para curso de medicina e inscrições já estão abertas.

Veja a relação dos candidatos a vereador em Dourados com número que aparece na urna

Proprietários são notificados para adequação das calçadas em Dourados