Reunião irá criar comissão para instituição do Sindicato dos Músicos e Técnicos de MS


A necessidade de regulamentação da atividade dos profissionais da música e técnicos relacionados, em Mato Grosso do Sul, abriu a discussão da criação do Sindicato dos Músicos e Técnicos. Na manhã de hoje a vereadora Luiza Ribeiro (PPS) juntamente com os músicos Béko Santanegra e Jerry Espíndola, e a assessoria jurídica do gabinete, decidiram convocar os interessados em discutir a criação do Sindicato, para uma reunião no próximo dia 23 de setembro, as 14h30 no Plenário Edroin Reverdito, na Câmara Municipal.

Desta reunião será criada uma Comissão que deverá organizar o Sindicato. "Estamos em busca de garantir os direitos trabalhistas dos músicos e técnicos, discutir o mercado de trabalho e buscar organizativamente a implementação de políticas públicas para a categoria", comentou a vereadora Luiza Ribeiro.
Segundo o músico Béko Santanegra existem uma série de temas para ser debatido pelo Sindicato entre eles a relevância dos projetos financiados pelos Fundos de Investimentos Culturais. "Necessitamos avaliar os produtos resultantes deste Fundos e ainda os critérios de relevância para a sociedade" . Outro tema apresentando pelos músicos a ser debatido no Sindicato é a destinação de recursos públicos no pagamento dos altos cachês de artistas nacionais em detrimento dos locais. "Os artistas têm direito de cobrarem e receber cachês altos, no entanto, é preciso estudar outros mecanismos como, por exemplo, a aplicação da Lei Rounet, onde as empresas privadas investiriam no mercado", comentou Jerry.
Marinete Pinheiro
Assessoria de imprensa da vereadora 

Mais lidas

Faculdades de Medicina no Paraguai: Universidade USCA abre 280 vagas para curso de medicina e inscrições já estão abertas.

Veja a relação dos candidatos a vereador em Dourados com número que aparece na urna

Proprietários são notificados para adequação das calçadas em Dourados