7º Canasul e 3ª Agrometal começam com expectativa de bons negócios

No primeiro dia do 7º Canasul (Congresso da Cana de Mato Grosso do Sul) e da 3ª Feira Agrometal do Mato Grosso do Sul já é grande a expectativa dos empresários em fazer bons negócios. O evento começou às 14h desta quarta-feira, com palestras e visitação. A abertura oficial foi feita à noite pelo prefeito Murilo, pelo governador André Puccinelli, demais autoridades e dirigentes dos setores industrial e agropecuário do Estado.



No discurso de abertura, tanto o prefeito quanto o governador destacaram o potencial de Mato Grosso do Sul no agronegócio e a condição de Dourados como polo do setor sucroenergético. André citou a visão de Murilo por acreditar na capacidade da região de Dourados, que engloba a maioria das indústrias de agroenergia do Estado.


 

"O Centro-Oeste é o futuro do Brasil e Mato Grosso do Sul é o futuro do Centro-Oeste. E Dourados tem papel fundamental nesse desenvolvimento. O Murilo percebeu isso e está trabalhando para que Dourados se consolide como o polo de manutenção das indústrias", afirmou o governador.



Entre os expositores presentes no Canasul & Agrometal, o otimismo é geral. "Esperamos receber muitos clientes; apostamos na feira, esperamos que ela se projete em nível nacional e acreditamos em Dourados", afirma o diretor da Hidra-Sul João Luiz.



Com empresas em São Paulo, João fundou há cinco anos em Dourados a Hidra-Sul, que revende conexões, vedações, anéis e bombas com foco no setor industrial. A empresa já abriu uma filial em Três Lagoas.



Na abertura do ciclo de palestras, a secretária de Desenvolvimento Econômico Sustentável Neire Colman destacou a importância dos parceiros no apoio à Prefeitura de Dourados para a realização do evento, que cresce a cada ano. "Este é um evento que faz parte da visão do prefeito Murilo, de tornar Dourados o polo de manutenção das indústrias do Estado".



Segundo ela, o polo já existe naturalmente, mas algumas empresas ainda não o compreenderam. Por isso, Murilo criou o projeto "Polo de Serviços do Setor Sucroenergético de Dourados e Região".



Ao todo, 63 empresas estão expondo seus produtos no Canasul & Agrometal. "A Aços Roman, de São Paulo, é uma delas. O gerente Sales Medeiros conta que ficou sabendo da feira durante a Fenasucro, em Sertãozinho. A empresa dele, que distribui aços especiais e fabrica rolamentos, está de olho de mercado de Dourados e também tem boa expectativa para a feira.



A Sertemaq, de Sertãozinho (SP), também está pela primeira vez na feira. O gerente comercial Gustavo de Carvalho Silva conta que já atende a região e aproveitou a feira para divulgar melhor a empresa e seus produtos. A Sertemaq fabrica moendas e picadores para usinas.



O Canasul & Agrometal é promovido pela Prefeitura de Dourados e Simme (Sindicato das Indústrias Metalúrgicas, Mecânicas e de Materiais Elétricos da Grande Dourados), com patrocínio da Mecat Inovações Tecnológicas, Banco do Brasil e Oca Ambiental.



Os parceiros são a Biosul, Ceise Br, Sistema Famasul, Fiems, Gegis, governo do Estado de MS/Seprotur, Sebrae, Embrapa Agropecuária Oeste, Sindicato Rural de Dourados, Sulcanas, Stimmmder e Interi Jr., Allianz Agência de Viagens, Hotel 10 e Nobre Real.



Legendas

Prefeito Murilo e governador André Puccinelli visitam estantes do Canasul & Agrometal

Prefeito discursa na abertura do Canasul & Agrometal, na noite de ontem

Crédito: A. Frota

Mais lidas

Faculdades de Medicina no Paraguai: Universidade USCA abre 280 vagas para curso de medicina e inscrições já estão abertas.

Veja a relação dos candidatos a vereador em Dourados com número que aparece na urna

Proprietários são notificados para adequação das calçadas em Dourados