Acadêmicos participam de encontro da Associação Brasileira de Psicologia Social


Os estudantes de Psicologia da UNIGRAN estiveram em Florianópolis – Santa Catarina participando do XVII Encontro Nacional de Práticas Sociais, Políticas Públicas e Direitos humanos, o evento é organizado pela Associação Brasileira de Psicologia Social (Abrapso). O professor do curso, Antônio Garcia Neto, foi quem acompanhou os acadêmicos durante o encontro.

Conforme a coordenadora de Psicologia, Rosemeire Souza Martins, a Abrapso se constitui em um importante espaço de intercâmbio e posicionamento crítico. “A associação é composta por profissionais pesquisadores, psicólogos, militantes, gestores públicos e estudantes em processo de graduação ou pós-graduação, que, por meio do ensino, investigação, aplicação ou difusão, contribuem para o desenvolvimento da Psicologia Social no Brasil”, explica.

Participar desses tipos de eventos é uma oportunidade para o debate e a mobilização para uma psicologia social crítica, comprometida com a construção de uma sociedade mais democrática. De acordo com o professor Neto, “o destaque da participação de alunos da UNIGRAN foi exatamente pela apresentação de trabalhos em forma de pôster e comunicação oral, evidenciando assim, a relevância da construção teórico-prática do curso de Psicologia, especialmente da Psicologia Social. E, ainda, o engajamento nas interlocuções da pesquisa nas práticas do fazer psicológico, indicando a qualidade da produção, estímulo a pesquisa, oportunizando o diálogo nas diferentes esferas da formação acadêmica.”

A participação em eventos como o organizado pela Associação Brasileira de Psicologia Social é a oportunidade de graduandos interagirem com os profissionais da área, beneficiando o acesso a novas informações. “Além disso, a participação em um evento científico faz com que eles entendam a importância da produção científica para o crescimento profissional. E, também, é uma forma de disseminação dos conhecimentos produzidos por meio das pesquisas científicas realizadas no curso de Psicologia da UNIGRAN”, ressalta a coordenadora Rosemeire.

Marina Cury Marcondes é acadêmica do 6º semestre de Psicologia da UNIGRAN e foi uma das estudantes que acompanhou o professor Antônio Neto no encontro. Apesar de não ter apresentado trabalho, a aluna sabe da importância da participação. “Apresentar trabalhos é dar sua contribuição de uma realidade desconhecida a outras pessoas, assim como elas, que vivem outras realidades, apresentam suas visões e reflexões. Mas, mesmo não expondo pesquisa, a participação como ouvinte agrega muito. Ouvir profissionais, professores, doutores que trabalham com a Psicologia Social falando de problemas que poderemos enfrentar quando formados, possíveis soluções e discussões com relação à família nos faz pensar em nossa profissão”, afirma. Fonte: Unigran

Mais lidas

Faculdades de Medicina no Paraguai: Universidade USCA abre 280 vagas para curso de medicina e inscrições já estão abertas.

Veja a relação dos candidatos a vereador em Dourados com número que aparece na urna

Proprietários são notificados para adequação das calçadas em Dourados