Feira da Agricultura Familiar será no Parque Antenor Martins

Evento terá palestras, giro técnico e comercialização de produtos da economia solidária e agricultura familiar



A Prefeitura de Dourados já definiu o local da 1ª Fesaf (Feira da Economia Solidária e Agricultura Familiar), que acontecerá nos dias 22, 23 e 24 de novembro. O evento será no parque Antenor Martins, das 8h às 22h.



Organizado pela Secretaria de Agricultura Familiar e Economia Solidária, a feira terá palestras e cursos ministrados por professores da UFGD (Universidade Federal da Grande Dourados) e Unigran, praça de alimentação e comercialização de produtos da área. Haverá ainda um giro técnico (demonstração de campo) na Embrapa Agropecuária Oeste.




Segundo Kallen Christiany Miranda Ferreira, diretora do Departamento de Economia Solidária da secretaria, devem participar do evento produtores familiares de assentamentos, quilombolas e sitiantes, além de pessoas envolvidas na econômica solidária do Território da Cidadania da Grande Dourados, formado por 12 municípios.

 

Também são esperados feirantes, técnicos e estudantes, além da população local, que poderá comprar produtos, alimentos artesanais variados e peças de artesanato.



A feira é mais um grande evento proposto pelo prefeito Murilo. Além de promover a discussão e promoção da tecnologia e oferecer apoio na comercialização aos pequenos produtores e empreendedores, promove o turismo, uma vez que as pessoas se hospedarão nos hotéis, se alimentarão nos restaurantes, abastecerão seus carros e ainda farão compras no comércio especializado de Dourados antes de retornar para seus destinos.



De acordo com o secretário de Agricultura Familiar e Economia Solidária Landmark Ferreira Rios, o foco do evento é a sustentabilidade. Isso acontecerá com a sinergia entre produtores, fornecedores, governo e entidades parceiras. "Vamos trabalhar desde a produção até a comercialização, incluindo a assistência técnica".



Durante o evento, os produtores terão acesso a tecnologias que despontam no mercado, as mesmas utilizadas na agricultura profissional. "Com essa feira queremos fomentar o setor da agricultura familiar e da economia solidária e tirá-lo da estagnação", afirma Landmark.



Fazem parte do Território da Cidadania da Grande Dourados os municípios de Caarapó, Douradina, Fátima do Sul, Itaporã, Jateí, Nova Alvorada do Sul, Rio Brilhante, Vicentina, Juti, Deodápolis, Glória de Dourados e Dourados.



Os parceiros da prefeitura no evento são a Embrapa Agropecuária Oeste, governo do Estado, Sistema Fiems, Sistema Famasul/Senar, Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome, Ciems, Faems, Agraer, Colegiados Territoriais de MS, Conab, Sindicato Rural de Dourados, Apoms, Incra, UFGD, Unigran, Uems, Sebrae, Ministério do Desenvolvimento Agrário e prefeituras das cidades que formam o território.



Legenda: Produtos da agricultura familiar serão comercializados na feira que acontece em Dourados em novembro

Crédito: A. Frota

Mais lidas

Faculdades de Medicina no Paraguai: Universidade USCA abre 280 vagas para curso de medicina e inscrições já estão abertas.

Veja a relação dos candidatos a vereador em Dourados com número que aparece na urna

Proprietários são notificados para adequação das calçadas em Dourados