“Há 16 anos em Dourados e essa foi a primeira oportunidade de mostrar meu trabalho”, conta professora


"Há 16 anos em Dourados, e essa foi a primeira oportunidade de mostrar meu trabalho", conta feliz a professora, Aurineide Alencar de Freitas, que trabalha a literatura de cordel nas disciplinas das séries iniciais na escola Ramona da Silva Pedroso. Ela foi uma das autoras que lançaram livros durante a II Feira do Livro e da Leitura e VIII PROLER, que acontece na UFGD até sexta-feira.
Aurineide lançou a obra 'Nas veredas do Cordel' e está expondo sua participação em antologias e em coleções de folhetos que depois serão doados à UFGD. "Esse espaço foi bom e me deu oportunidade de mostrar meu trabalho. Nunca tive essa chance".

EDUCAÇÃO FÍSICA
Na tarde desta quinta-feira, outros autores também lançaram suas publicações. Entre eles o professor Manuel Pacheco, da Faculdade de Educação (FAED/UFGD), que apresentou três livros: "Educação Física, Corporeidade e Saúde", "Heróis nos livros didáticos" e "Motricidade e corporeidade no Brasil Colônia".  
"A feira incentiva o hábito da leitura, numa era de internet que favorece as informações superficiais. Além disso, divulga as obras da UFGD", enfatiza.
CRÔNICAS
O professor aposentado da UFGD, Wilson Biasotto, também lançou seu recente livro chamado "Crônicas: Educação, Cultura e Sociedade", que reúne artigos inéditos e já publicados nos meios de comunicação da região, muitos falando sobre os desafios da educação em Dourados.
Biasotto destaca que a feira é um incentivo à leitura, um contraponto à TV e à internet que têm roubado o espaço do livro. "Mesmo assim, o livro continua insubstituível, seja no formato impresso ou digital".
POESIA
Outro professor da UFGD que está divulgando o seu trabalho é Renato Suttana, da Faculdade de Comunicação, Artes e Letras (FACALE). Ele lançou o livro "Cangaceiros à Cavalo" que aborda a obra de Guimarães Rosa.
Para Renato Suttana, a feira é uma grande ideia e coloca o livro mais próximo da comunidade acadêmica e em geral. "Torço para que eventos como este deem certo e que a tendência seja de crescimento. A feira é importante e interessante".
ACADÊMICOS
Ex-acadêmicos e estudantes da UFGD também vão lançar seus livros. Luciano Serafim apresentará seu livro de poemas "Raiz Transeunte". Sá Junior da Cruz Lopes lançará "Só não disse" e Fernanda Ebling divulgará seu livro "Rabiscos que sufocam: palavras perdidas entre fumaça, whisky, sexo e solidão".
O lançamento acontecerá na noite desta quinta-feira, 21 de novembro, às 20h30, durante a II Feira do Livro e da Leitura e VIII PROLER, na Galeria de Artes da Unidade 1 da UFGD. Na ocasião, haverá uma sessão de autógrafos.
FACALE
Fruto de um projeto de extensão concebido pela FACALE/UFGD, o livro "40 anos de Letras/FACALE/UFGD – Percursos, memórias em tempos e espaços" também será lançado durante a feira. A obra reúne relatos dos 40 anos do curso de Letras em três instituições de ensino: Universidade Estadual de Mato Grosso, Universidade Federal de Mato Grosso do Sul e Universidade Federal da Grande Dourados. Além disso, há depoimentos de professores, técnicos e alunos que revelam instantes acadêmicos vividos durante as quatro décadas. Imagens de espaços por onde o curso se moveu completam o livro de histórias e memórias.
A Galeria de Artes está localizada na rua João Rosa Góes, 1761 - Vila Progresso. Mais informações podem ser obtidas pelo telefone 3410-2016.

Mais lidas

Faculdades de Medicina no Paraguai: Universidade USCA abre 280 vagas para curso de medicina e inscrições já estão abertas.

Veja a relação dos candidatos a vereador em Dourados com número que aparece na urna

Proprietários são notificados para adequação das calçadas em Dourados