Inaugurada mais uma Biblioteca do S ESI em Coxim

A convite do presidente da Federação das Indústrias de Mato Grosso do Sul,
Sérgio Longen, o senador Delcídio do Amaral (PT/MS) participou neste final
de semana da inauguração da 33ª Biblioteca da Indústria do Conhecimento do
Sesi no estado, em Coxim. Construída em um terreno de 3.258 m² na Avenida
Salgado Filho, Centro da cidade, a biblioteca dispõe de uma sala de 30 m2 para oferecer os cursos de EaD (Educação a Distância) do Senai e Educação Continuada do Sesi, estacionamento para as unidades móveis das duas entidades, acervo de mais de mil livros de diferentes níveis, dezenas de CDs e DVDs, além de dez computadores com acesso à Internet.




" É um alegria enorme participar da inauguração dessa biblioteca, que
dispõe de uma estrutura extraordinária e vai trazer cultura e
conhecimento às pessoas, um dos grandes desafios do nosso país. Quero
parabenizar o Sérgio Longen porque ele não está cuidando apenas da
industrialização de Mato Grosso do Sul, mas também da educação, da
agregação de valores junto com o Senai para qualificar e preparer a nossa
gente para o mercado de trabalho. Isso é cidadania", observou o senador.

Alem de Delcídio, estavam presentes a secretária estadual de
Desenvolvimento Agrário, Produção, Indústria, Comércio e Turismo, Tereza
Cristina Corrêa da Costa Dias, os prefeitos de Coxim, Aluizio São José,
São Gabriel do Oeste, Adão Rolim e Rio Verde, Mário Kruger, os deputados
estaduais Junior Mochi (PMDB) e Paulo Correa (PR) , o presidente da
Famasul, Eduardo Riedel , vereadores, vereadoras e secretários dos
municípios da região.

*Posse –* Depois de inaugurar a biblioteca, Delcídio participou da posse
da nova diretoria do Sindicato Rural de Coxim, encabeçada pela produtora
Terezinha de Souza Cândido Silva.

"Quero cumprimentar a Terezinha porque comandar um sindicato rural é um
desafio extraordinário. A nova realidade que se apresenta com o Codigo
Florestal, a melhoria genética não só do gado mas também dos grãos e a
sanidade animal são temas fundamentais para o nosso estado . E o grande
desafio está na logística, porque não adianta ter uma produção eficiente
como nós temos em Mato Grosso do Sul se não tivermos ferrovias, hidrovias,
energia, telefonia e estradas em boas condições. Quem dirige um sindicato
rural lida com esses grandes desafios e tem que estar preparado para
enfrentar o debate e cobrar de nós parlamentares e do poder público, uma
infraestrutura compatível com o crescente aumento da produção", disse o
senador.

Mais lidas

Faculdades de Medicina no Paraguai: Universidade USCA abre 280 vagas para curso de medicina e inscrições já estão abertas.

Veja a relação dos candidatos a vereador em Dourados com número que aparece na urna

Proprietários são notificados para adequação das calçadas em Dourados