Movimento no aeroporto de Dourados cresce todo mês

Com a entrada da Passaredo, Dourados se consolida como o segundo polo aeroportuário de Mato Grosso do Sul



A partir dos investimentos constantes da Prefeitura de Dourados, a movimentação de passageiros cresce mês a mês no aeroporto Francisco de Mattos Pereira. O movimento de outubro foi de 6.031 passageiros, sendo 2.977 embarques e 3.054 desembarques.



O resultado é 8,5% superior ao movimento de setembro, que foi de 5.556 passageiros. No ano já foram atendidos 45.236 passageiros no aeroporto pela companhia aérea Azul, única que operava na cidade até quinta-feira passada, com dois voos diários para Campinas.




Na quinta-feira, a Passaredo começou a operar em Dourados, passando a oferecer desde esta segunda-feira também dois voos para São Paulo (Guarulhos). Em dezembro começa a operar o voo diário entre Dourados e Campo Grande.



Além da entrada da Passaredo, a Azul colocará mais um voo aos domingos, na parte da tarde, a partir de 1º de dezembro. Com isso, a previsão anual de 50 mil passageiros, que já seria superada com a Azul, deve passar dos 60 mil.



Desde quando era vice-governador, o prefeito Murilo tem trabalhado para estruturar o aeroporto para criar em Dourados o segundo polo aeroportuário do Estado. E isto está já acontecendo.



Além dos 207 mil habitantes da cidade, Dourados é polo de uma região de mais de 800 mil pessoas. Essa população, que antes dependia de Campo Grande, está a uma distancia média de 150 km do aeroporto de Dourados.



A administração do aeroporto é feita pela prefeitura, que preparou uma equipe para atendimento 24 horas. Os funcionários participam constantemente de cursos de capacitação para garantir um atendimento seguro e confortável à população.



Murilo continua trabalhando para obter recursos para melhorar o aeroporto. Em breve começam obras de recapeamento e nova sinalização da pista. Os próximos passos são a ampliação lateral da pista, de 30 metros para 45 metros, e a construção de um novo terminal de passageiros.



Como são obras muito caras e o município não tem condições de bancar, o prefeito trabalha para viabilizar recursos federais para esses fins.



Legenda: Com a entrada de Passaredo, Dourados deve fechar 2013 com movimentação de mais de 60 mil passageiros no ano

Crédito: A. Frota

Mais lidas

Faculdades de Medicina no Paraguai: Universidade USCA abre 280 vagas para curso de medicina e inscrições já estão abertas.

Veja a relação dos candidatos a vereador em Dourados com número que aparece na urna

Proprietários são notificados para adequação das calçadas em Dourados