Operação da Passaredo em Dourados gera 17 empregos diretos

Dos 17 empregos, apenas três virão de outras cidades; maioria das contratações foi feita pelo Ciat



A operação da Passaredo em Dourados vai gerar pelo menos 17 empregos diretos e vários outros indiretos. Serão 11 pessoas contratadas diretamente pela Passaredo e mais seis pela empresa que vai atender o serviço de pátio, a Dourados Serviços Auxiliares de Transportes Aéreos.



Nesta quinta-feira, a Passaredo, que começa a operar no aeroporto Francisco de Mattos Pereira no dia 11 de novembro, iniciou o treinamento das oito pessoas contratadas para atendimento no terminal. A formação é feita na sala do Ciat (Centro Integrado de Atendimento ao Trabalhador), na Secretaria de Desenvolvimento Econômico Sustentável.




Toda a contratação foi feita através do Ciat. O prefeito Murilo tem dado apoio ao aos empresários de Dourados e àqueles que estão chegando para investir na cidade, colocando a estrutura da secretaria à disposição para contratação e formação de pessoal, orientação e ajuda na desburocratização dos processos.



Todos os empregos da Passaredo são de técnicos especializados. Boa parte dos oito contratados em Dourados é formada por turismólogos. Além disso, a empresa vai manter dois mecânicos de aeronaves na cidade. Esses virão de grandes centros, onde há escolas de formação nessa área. O gerente também será transferido de uma das bases já instaladas da companhia.



Já a empresa Dourados Serviços Auxiliares terá de dobrar o número de funcionários, passando de 6 para 12. A informação é do diretor da empresa, Ademar Ferreira Junior. De acordo com o empresário, quatro das seis vagas abertas já estão preenchidas. As outras duas serão definidas esta semana.



Além dos empregos diretos, a operação vai gerar vários outros indiretos, de acordo com a secretária de Desenvolvimento Econômico Sustentável Neire Colman. O serviço de táxi, por exemplo, terá de ser ampliado.



"A tripulação dos voos fica hospedada em hotéis, se alimenta nos restaurantes, faz compras no comércio nos seus horários de folga. Além disso, os novos voos vão atrair mais gente da região para Dourados que também usa esses mesmos serviços. Ou seja, há toda uma movimentação econômica que gera dezenas de empregos em outras empresas", explica Neire.



A Passaredo começa no dia 11 dois voos diários diretos para São Paulo (Guarulhos). São quatro pousos e decolagens. No dia 18 começa um voo diário de ida e volta para Campo Grande. A venda de passagens já é feita no site da empresa (www.voepassaredo.com.br) ou da Gol (www.voegol.com.br).



Legenda: Passaredo está treinando profissionais contratados para operar voos que começam dia 11 em Dourados

Crédito: A. Frota

Mais lidas

Faculdades de Medicina no Paraguai: Universidade USCA abre 280 vagas para curso de medicina e inscrições já estão abertas.

Veja a relação dos candidatos a vereador em Dourados com número que aparece na urna

Proprietários são notificados para adequação das calçadas em Dourados