UFGD traz Mart´nália para o show de aniversário

 
UFGD traz Mart´nália para o show de aniversário
Este ano, aniversário de oito anos da Universidade será comemorado com muito samba no pé

Vai ser com muito samba no pé que a UFGD vai comemorar seus oito anos de criação, no próximo dia 30 de novembro, às 20h, no Parque Antenor Martins. A festa ficará por conta da sambista carioca Mart'nália, filha de Martinho da Vila. A entrada é gratuita.
O pai conta que Mart'nália é invenção dele, uma mistura de Martinho e Anália, a mãe da cantora. "Tinália", "Tina", "Martina", a "Carvu", parece ser despojada e dá a impressão de desligada, mas é sintonizada em tudo que acontece, principalmente no mundo da música, como todos os grandes artistas.

Ela é musicista, cantora e compositora e está entre as mais completas do País. "O seu canto é doce, negro, suingado e o seu timbre é especial", diz o pai. Mart'nália tem corpo de dança para qualquer ritmo e gosta de dançar, toca violão e é percussionista de quase todos os instrumentos de ritmo.
Em Dourados, Mart´nália se apresentará com a banda, composta por mais de 10 músicos consagrados. No repertório estão novas canções, as mais ouvidas, muitas cantadas pelo próprio pai e outras de autoria de amigos como Nando Reis, Ana Carolina, Paulinho Moska, Tim Maia, Djavan, Adriana Calcanhoto, Marisa Monte, Wilson Simonal entre outros.
Desde 2010, a UFGD vem comemorando seu aniversário de criação com um show cultural gratuito para o público de Dourados e região. Já passaram por aqui Nando Reis (2010), O Teatro Mágico (2011) e a banda mineira Pato Fu (2012). "A promoção da arte e da cultura também é uma das missões da nossa universidade. Integradas com o ensino e a pesquisa, estão a extensão e a cultura que unem culturas e promovem a troca de saberes", enfatizou o reitor, professor doutor Damião Duque de Farias.


*Discografia

Entre as décadas de 1980 e 1990, Mart´nália chegou a gravar dois discos "de brincadeira", como ela mesma gosta de dizer. Mart´nália (1985) saiu pela gravadora 3M e tinha direção musical de Ruy Quaresma. Somente dez anos depois chegaria às lojas seu segundo disco, Minha Cara (gravadora ZFM), sob os cuidados musicais de Ivan Machado.
Em 2002, lançou seu terceiro álbum, Pé do meu Samba (Natasha Records), que ela considera seu primeiro "de verdade", produzido por Celso Fonseca e dirigido por Caetano Veloso. Foi unanimemente elogiado pela crítica e rendeu uma longa e produtiva temporada de shows, registrada em CD e DVD. 
Mart´nália ao Vivo (2004, Natasha Records) teve produção musical da própria cantora e direção, roteiro e concepção de Marcia Alvarez. O show foi gravado no Olimpo/Rio de Janeiro e contou com as participações especiais de Caetano Veloso, Celso Fonseca, Djavan, Martinho da Vila, Moska e Zélia Duncan.
Em 2006, Mart'nália lança no Brasil e Europa o álbum Menino do Rio. Seu quinto disco é o primeiro lançado pelo selo Quitanda, de Maria Bethânia – que fez toda a direção artística do trabalho e emprestou a voz e seu maestro Jaime Além para a direção musical. É o mais diversificado de seus trabalhos e emplaca a música "Cabide" (presente de Ana Carolina) da novela das oito, Paraíso Tropical, dirigida por Gilberto Braga. Foi também indicada ao Grammy deste ano como o melhor CD de samba, "Mart'nália em Berlim". 
No mesmo ano, lança o disco Madrugada, com direção artística de Marcia Alvarez e arranjos de Arthur Maia e Celso Fonseca. Emplaca outro sucesso, dessa vez na abertura da Novela "Três Irmãs", da Rede Globo, dirigida por Dennis Carvalho, com a música "Don't worry, be happy!".
Em 2010, Mart'nália faz uma roda de samba para o DVD África com ilustres convidados como Gilberto Gil, Carlinhos Brown, Martinho da Vila e Mayra Andrade (de Cabo Verde). 
Em abril de 2011, realiza o sonho de apresentar ao vivo o disco Minha Cara (de 1995, relançando em 2010 pela gravadora Biscoito Fino), dirigida por Martinho da Vila, obtendo sucesso absoluto em seis apresentações.
Em outubro ela entra em estúdio tendo Djavan como diretor e produtor artístico do novo trabalho. Músicas inéditas de Gilberto Gil, Ivan Lins, Zélia Duncan, Nando Reis, Moska, Dadi, Lula Queiroga, Martinho da Vila, Junior Almeida e Caetano Veloso fazem parte do repertório.
Em 2012, lança Não tente compreender e a música de "Namora comigo" de Paulinho Moska emplaca nas rádios.
*Com informações do site oficial da cantora.

Mais lidas

Faculdades de Medicina no Paraguai: Universidade USCA abre 280 vagas para curso de medicina e inscrições já estão abertas.

Veja a relação dos candidatos a vereador em Dourados com número que aparece na urna

Proprietários são notificados para adequação das calçadas em Dourados