Empresários vão escolher área do polo do vestuário de Dourados

Previsão é de que as empresas invistam R$ 10 milhões na construção e equipamento das fábricas para geração de 500 empregos



Avança o processo de implantação do Polo do Vestuário de Dourados. Na semana passada o prefeito Murilo se reuniu com Gilson Lomba, presidente do Sinvesul (Sindicato das Empresas do Vestuário Industrial da Região Sul de Mato Grosso do Sul) e sua diretoria para tratar da área onde serão instaladas as empresas.




O prefeito pediu que os empresários escolham a área, entre duas opções localizadas na BR-463, nas proximidades da Cerealista Bonanza. Os empresários gostaram do local e devem definir a área esta semana com o secretário de Infraestrutura Jorge De Lucia. A partir daí, a prefeitura inicia a negociação para finalizar a aquisição e destinar o terreno ao polo.



De acordo com Regiane Ormeni Marques, diretora de Indústria da Secretaria de Desenvolvimento Econômico Sustentável, as áreas são do mesmo tamanho, em torno de 5 hectares, tamanho suficiente para abrigar entre 20 e 25 indústrias.



A previsão é de que as empresas invistam em torno de R$ 10 milhões na construção e equipamentos das fábricas, com o polo gerando em torno de 500 empregos.



O setor de confecção está em expansão em Dourados, com destaque para a produção de lingerie, no qual a cidade já é referência no país. A produção é organizada no Arranjo Produtivo Local chamado APL Moda Dourada, encabeçado pela prefeitura.



Murilo tem dado atenção especial ao setor produtivo por causa da sua importância social, com geração de emprego e renda para a população. Ao mesmo tempo em que apoia a empresa, a prefeitura qualifica o trabalhador, através do programa "Qualifica Dourados", garantindo condições para que ele conquiste um bom emprego.



No caso do APL Moda Dourada, Regiane conta que já estão sendo planejadas as ações para o ano que vem. A atenção especial será no apoio à comercialização. Uma rodada de negócios entre as fábricas e as vendedoras já começou a ser discutida. "Será uma oportunidade de ampliar os negócios e a rede de distribuidores de lingerie, melhorando os negócios", diz Regiane.



Legenda: Murilo reunido com diretoria do Sinvesul para tratar da implantação do polo de confecção de Dourados

Foto: Divulgação

Mais lidas

Faculdades de Medicina no Paraguai: Universidade USCA abre 280 vagas para curso de medicina e inscrições já estão abertas.

Veja a relação dos candidatos a vereador em Dourados com número que aparece na urna

Proprietários são notificados para adequação das calçadas em Dourados