Pitacos de Quinta - Amarildo Ricci

Pode denunciar!
Os eleitores podem denunciar práticas eleitorais ilegais em Mato Grosso do Sul. O sistema "web denúncia" foi criado para receber relatos de crimes eleitorais, tais como entrega de cestas básicas ou de combustível, compra de votos e propaganda eleitoral irregular. Qualquer cidadão pode fazer a denúncia e não é necessário se identificar, desde que o denunciante comprove a irregularidade por meio de fotos, vídeos ou áudios. A identificação do denunciante é exigida apenas quando se tratar de irregularidade eleitoral que está prevista para ocorrer, como uma futura reunião promovida por algum candidato para a entrega de cestas básicas ou combustível.


Balde de água gelada!
O desafio que tomou conta da internet e das redes sociais nos últimos dias, o popular desafio do balde de gelo (Ice Bucket Challenge, em inglês), também chegou à corrida eleitoral para ocupar o cargo de governador do Estado de Mato Grosso do Sul. Nesta quarta-feira (20), o candidato do PMDB ao governo estadual, o ex-prefeito de Campo Grande, Nelsinho Trad, foi ao programa de televisão O Povo na TV, do SBT MS, e tomou um banho de água gelada, para beneficiar o Cotolengo Sul-Matogrossense, instituição católica fundada em 1996 na Capital, e que atende pessoas com paralisia cerebral grave altamente dependentes de terceiros. O próximo candidato a tomar o banho será o tucano Reinaldo Azambuja (PSDB). Ele também se comprometeu a doar um dinheiro para entidade. O desafio surgiu nos Estados Unidos, e já foi aceito por personalidades como o criador e proprietário do Facebook, o fundador da Microsoft e um dos homens mais ricos do mundo, Bill Gates e pela cantora pop Lady Gaga, que juntos a outros famosos geraram doações que ultrapassaram a marca de US$ 15 milhões. No Brasil, Neymar, Galvão Bueno, Felipe Massa e Ana Maria Braga na aderiram à moda.

Dá multa não proteger!
Palestra realizada na manhã desta quarta-feira (20) durante a Roda Empresarial na Associação Comercial e Empresarial de Dourados (Aced) teve como principal objetivo orientar empresários com relação às normas de segurança no trabalho. A palestra abordou as normas regulamentadoras nº 12 e 17 do Ministério do Trabalho e Emprego, que tem motivado ações de fiscalização nas empresas em todo o país. A Aced orienta, ainda, que os empresários procurem o Sistema S (Sebrae/MS, Senai, Senac e Sesi) para se informar sobre o assunto ou, ainda, outras consultorias especializadas para evitar transtornos durante as fiscalizações do Ministério do Trabalho.

Mais lidas

Faculdades de Medicina no Paraguai: Universidade USCA abre 280 vagas para curso de medicina e inscrições já estão abertas.

Veja a relação dos candidatos a vereador em Dourados com número que aparece na urna

Proprietários são notificados para adequação das calçadas em Dourados