Dourados discute parceria com o Estado de Nebraska


- Por conta de características semelhantes, grupo norte-americano vê grandes possibilidades de troca de experiências -

A cidade de Dourados pode estabelecer uma parceria com a cidade de Korn, no estado de Nebraska, Estados Unidos. Na terça-feira (16) o casal Karen e Gary Heusel esteve na Semdes (Secretaria de Desenvolvimento Econômico Sustentável) para tratar da visita oficial, que acontece em novembro.
O interesse dos norte-americanos é desenvolver trocas de experiências em áreas específicas entre Dourados e o Estado de Nebraska como saúde, educação, agricultura e pecuária, cultura, por exemplo.

Karen e Gary Heusel, que moram em Lincoln, a capital do Estado, estavam acompanhados de José Raul Valério, engenheiro agrônomo da Embrapa Gado de Corte (Campo Grande), que coordena em Mato Grosso do Sul o processo de parceria com Nebraska. Campo Grande já é parceira e Bonito pode ser também.
O prefeito Murilo orientou a diretora de Indústria da Semdes, Regiane Ormeni Marques e o coordenador da Sala do Empreendedor Osmário Magalhães a receber e atender o casal. Participaram da reunião ainda os professores Silvana Lucato Moretti, assessora de relações internacionais da Uems (Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul) e Clivaldo Oliveira, diretor da Faculdade de Ciências Agrárias da U/FGD (Universidade Federal da Grande Dourados).
De acordo com José Raul, Nebraska e Dourados tem características semelhantes, tendo a agricultura, pecuária e a agroindústria como motores da economia. Tem também boas universidades e está situado em cima do aqüífero Ogalaza, assim como Dourados está no aqüífero Guarani.
A idéia, segundo ele, é instituir uma parceria oficial cidade/cidade voltada para estudos e trocas de experiências visando o crescimento comum. Nebraska tem parceria com o Brasil desde 1974, iniciada pelo Estado do Piauí. A relação com Mato Grosso do Sul é nova.
Na reunião de novembro, já oficial, a ser coordenada pelo prefeito Murilo, Dourados vai apresentar o que a cidade é, o que desenvolve e as suas potencialidades. A partir daí Nebraka vai demonstrar em que área tem interesse em trabalhar com Dourados. A Prefeitura vai organizar a reunião, com participação de outras instituições e entidades, que mostrarão Dourados aos norte-americanos.
O prefeito Murilo tem criado, incentivado ou apoiado todos os programas em que Dourados possa ser beneficiado com investimentos ou trocas de experiências que resultem na melhoria de vida das pessoas, ou por meio da melhoria de renda ou da educação e cultura.


Foto: A. Frota
Legenda: Casal de americanos Karen e Gary Heusel durante reunião na Semdes

Mais lidas

Faculdades de Medicina no Paraguai: Universidade USCA abre 280 vagas para curso de medicina e inscrições já estão abertas.

Veja a relação dos candidatos a vereador em Dourados com número que aparece na urna

Proprietários são notificados para adequação das calçadas em Dourados