Serviço telefônico gratuito aos usuários da BR-163/MS entra em teste esta semana



Proposta é fazer com que os usuários da BR-163/MS compreendam na prática  o funcionamento do serviço 0800, que vai operar 24 horas por dia a partir de 11/10

Começam nesta terça-feira (30/09) os testes operacionais do Disque CCR MSVia 0800 6480163, serviço telefônico gratuito que vai atender aos usuários da BR-163/MS. Até o dia 11/10, quando inicia operação 24 horas, integrado ao SAU - Serviço de Atendimento ao Usuário, o serviço vai operar em caráter de testes das 8h00 às 18h00, ainda sem dar informações sobre ocorrências na rodovia ou atender pedidos de socorro.

Segundo Cristiana Hollanda, Ouvidora da CCR MSVia, a proposta é começar a divulgação do número do 0800 para que os usuários acostumem a utilizar esse serviço antes mesmo do início da operação.

"Estamos realizando esse atendimento em teste para acostumar os usuários a acionarem o 0800 6480163 sempre que precisarem do apoio da MSVia na rodovia", diz a Ouvidora. "Assim, não só estabelecemos essa nova dinâmica como ajudamos a divulgar o número para o grande público".

De acordo com Cristiana Hollanda, o serviço começa a operação de fato a partir da zero hora do dia 11/10 (meia-noite de 10/10), atendendo 24 por dia, todos os dias da semana, contando com uma equipe de oito atendentes que atuarão em regime de revezamento, dentro CCO, Centro de Controle Operacional da CCR MSVia


"A partir de 11/10, estaremos oferecendo informações das condições de tráfego ao longo dos 847 quilômetros da rodovia, atendendo pedidos de socorro, prestando orientação aos motoristas e registrando críticas, sugestões e reclamações 24 horas por dia", destaca a Ouvidora. 

O Disque CCR MSVia também contará com uma URA -  Unidade de Resposta Automática, que dará informações eletrônicas das condições de tráfego sem a necessidade de contato direto do usuário com as atendentes, o que amplia a velocidade de atendimento e agiliza a prestação do serviço.

Rede de Operações - O Disque CCR MSVia integra a rede de operações instalada pela CCR MSVia para a BR-163/MS, o que envolve o Centro de Controle Operacional, o 0800, e um aparato composto por 17 Bases Operacionais, 500 colaboradores e uma frota com mais de 80 viaturas, entre elas ambulâncias-resgate, guinchos leves e pesados, viaturas de inspeção, boiadeiros e caminhões-pipa, entre outros.

Com 847,2 quilômetros de extensão, a BR-163/MS atravessa 20 municípios, entre eles a Capital, Campo Grande, ligando o Estado de Norte a Sul. A expectativa é que mais de 1,3 milhão de habitantes sejam beneficiados pela rodovia, que possui relevante papel na logística de transporte da agroindústria, comércio e turismo. A transferência da BR-163/MS à CCR MSVia está gerando cerca de 4 mil empregos, sendo cerca de 90% deles para trabalhadores residentes no Estado. Os outros 10% são profissionais que vêm de outros Estados para se instalar em Mato Grosso do Sul.

Nos cinco primeiros anos de concessão estão previstos investimentos de R$ 3,4 bilhões para a realização de obras que contemplem a duplicação completa da rodovia, além de implantação e operação dos serviços de operação, entre outros.

A primeira fase da duplicação envolve 10% do total (80,6 km) e deverá ser executada em até 18 meses. Nesse intervalo de tempo, são realizados os Trabalhos Iniciais, que envolvem ações de correção de desníveis, reparos localizados e recomposição emergencial do pavimento, recomposição de faixas e placas de sinalização, reparos e recuperação de viadutos e pontes, limpeza e desobstrução de sistemas de drenagem, entre outros.
Sobre os 15 anos do Grupo CCR - Fundado em 1999, o Grupo CCR é uma das maiores companhias de concessão de infraestrutura da América Latina. Controla, atualmente, 3.284 quilômetros de rodovias sob a gestão das concessionárias CCR Ponte (RJ), CCR NovaDutra (SP-RJ), CCR ViaLagos (RJ), CCR RodoNorte (PR), CCR AutoBAn (SP), CCR ViaOeste (SP), CCR RodoAnel (SP), Renovias (SP), CCR SPVias (SP) e CCR MSVia (MS). Também faz parte do controle acionário da concessionária ViaRio, responsável pela construção e operação do Corredor Expresso Transolímpica, no Rio de Janeiro. O Grupo CCR atua ainda em negócios correlatos, tendo participação de 34,25% na STP, que opera o serviço de cobrança automática de pedágios e estacionamentos. Além disso, o Grupo CCR está presente no segmento de transporte de passageiros por meio das concessionárias ViaQuatro, CCR Barcas e CCR Metrô Bahia, responsáveis, respectivamente, pela operação da Linha 4-Amarela do metrô de São Paulo, pelo transporte aquaviário de passageiros no Rio de Janeiro e pelo sistema metroviário de Salvador e Lauro de Freitas, além de ter participação na concessão do VLT Carioca (Veículo Leve sobre Trilhos), que interligará a região portuária e o centro do Rio de Janeiro. O grupo ingressou, em 2012, no setor aeroportuário, com a aquisição de participação acionária nas concessionárias dos aeroportos internacionais de Quito (Equador), San Jose (Costa Rica) e Curaçao. No Brasil, possui a concessionária BH Airport responsável pela administração do Aeroporto Internacional de Belo Horizonte, em Minas Gerais. Comprometida com o desenvolvimento sustentável, a CCR assinou o Pacto Global da ONU e faz parte da carteira teórica do ISE – Índice de Sustentabilidade Empresarial da BM&FBovespa. Em 2013, o Grupo CCR conquistou o reconhecimento na categoria infraestrutura do Guia Exame de Sustentabilidade. Emprega, atualmente, cerca de 11 mil colaboradores.

Mais lidas

Faculdades de Medicina no Paraguai: Universidade USCA abre 280 vagas para curso de medicina e inscrições já estão abertas.

Veja a relação dos candidatos a vereador em Dourados com número que aparece na urna

Proprietários são notificados para adequação das calçadas em Dourados