Praça Antonio João recebe 28 estudantes na semifinal do Fescan

Praça Antonio João recebe 28 estudantes na semifinal do Fescan hoje e amanhã

Acontecem nestas quarta (26) e quinta-feira(27), às 19hs, as semifinais do 4º Fescan/Abevê – Festival Estudantil da Canção, realizado pela Secretaria Municipal de Cultura de Dourados. No total são 28 candidatos classificados e só 14 irão para a fase final que acontece no dia 5 de dezembro, integrando as comemorações do Dourados Brilha.
Hoje à noite estarão concorrendo Carla Eduarda (E.E. Maria da Glória), com a música Creio que tu és a cura; Michael Arteman (E.M. Etalívio Penzo), Lembranças; Matheus Matos (E.E. Castro Alves), Domingo de Manhã; Natália Cáceres (E.E. Castro Alves), Faz um milagre em mim; Fabrício do Nascimento (Ceeja), Do outro lado da moeda; Darlan (Ceeja), Olha pra mim; Victor eAlex (E.E. Reis Veloso),Recaídas; Talita Cáceres (E.E. Reis Veloso), Teu amor não falha; Hosana (E.E. Menodora Fialho), Deus é Maior; Luiz Inácio (E.E. Menodora), Eu e Você; Nádia Cristina (E.M. Francisco Meireles), Sonda-me; Ademir Figueiredo (E.M. Indígena Tengatuí), Terra Seca; Geisilene Alves (E.M. Firmino Vieira), Além da Medicina; e Raquel Oliveira (E.M. Cel. Firmino Vieira), Os Efésios.
Amanhã, quinta-feira, será a vez de Andressa Rojas (E.M. Januário Pereira), que cantará a música Aleluia; Barbara Ambrozine (Escola Adventista), Antes você precisa crer; Edgar Ruiz (E.E. Pe. Daniel Berg), Não é tarde; Pablo Farias (E.E. Antonia Capilé), Raridade; Cauã (Ceia), Porque ele vive; Gabriela (Ceia),Quão grande é meu Deus; Marcela (E.E. Tancredo Neves), Meu Mato Grosso do Sul; Luiz Augusto (E.E. Pres. Vargas), Arde outra vez; Jorge Luiz (E.E. Pres. Vargas), Deus da minha vida; Hervillyn Kaitt (E.E. Floriano Viegas), Creio que tu és a cura; Nathalia Azola (E.E. Floriano Viegas), Eu só queria te amar; e Dheovana (E.A. André Capelli), Confiarei.
Para o secretário municipal de Cultura, Carlos Fábio Selhorst dos Santos, o grande número de participações e a expectativa pelas semifinais e final vêm comprovar que "estamos no caminho certo, atraindo um público cada vez maior e oportunizando, como quer o prefeito Murilo, o surgimento de novos talentos, disse Carlos Fábio. Para ele, levar o festival para a praça facilitará bastante o acesso das pessoas.

Foto: A. Frota/Arquivo
Legenda: Cultura espera que sucesso de público do ano passado seja repetido na semifinal e final deste ano

Mais lidas

Faculdades de Medicina no Paraguai: Universidade USCA abre 280 vagas para curso de medicina e inscrições já estão abertas.

Veja a relação dos candidatos a vereador em Dourados com número que aparece na urna

Proprietários são notificados para adequação das calçadas em Dourados