Prefeitura faz diagnostico que vai orientar o Plano de Mobilidade Urbana de Dourados

- Pesquisa vai ouvir na próxima semana os usuários do transporte coletivo e os ciclistas em pontos estratégicos -

A Prefeitura dá inicio nesta segunda-feira, 23, a mais uma etapa da melhoria da mobilidade urbana em Dourados, uma das principais metas do prefeito Murilo. Durante a próxima semana o escritório Edson Marchioro Arquitetura, Urbanismo e Engenharia aplica em pontos estratégicos os formulários 'Pesquisa do Transporte Coletivo' e 'Perfil dos Ciclistas', a serem utilizados no estudo para a elaboração do "Plano Diretor de Mobilidade Urbana".
As arquitetas Sílvia Lunas e Caroline Arcego estão em Dourados fazendo os levantamentos e preparando a aplicação da pesquisa na semana que vem. Elas pedem para que as pessoas ao serem abordadas reservem três minutos do seu tempo para responder os questionários, que são de grande importância para a elaboração de um bom plano diretor, capaz de atender as necessidades da cidade por muitos anos.

Os pesquisadores estarão vestidos com camisetas de cor amarela e identificados com o crachá da empresa. Os principais pontos de abordagem serão o terminal de transbordo, a Praça Antônio João, a Rodoviária, o Atacadão e as universidades. A pesquisa que identificará o perfil do ciclista será feito nas imediações desses locais.
Todo o trabalho é coordenado pela Secretaria de Planejamento. O escritório Edson Marchioro, de Caxias do Sul (RS), que venceu a licitação para o estudo, já desenvolveu o plano do transporte coletivo de Dourados, que já está sendo posto em prática pelo prefeito Murilo. "As interferências agora e nos próximos anos, de acordo com o plano, tornará Dourados uma cidade moderna e melhor para todos viverem. Esse é o desejo do prefeito Murilo", afirma o secretário Luis Roberto Martins Araújo, o Beto.
Sílvia e Caroline explicam que o Plano de Mobilidade Urbana vai interferir em toda a cidade, promovendo o uso racional e eficiente dos meios de locomoção. "A prioridade é sempre o pedestre, depois o ciclista e o transporte coletivo. Ai vêm os veículos individuais automotores (motos) e o transporte de cargas. E, por último os veículos de passeio. Todo o trabalho é feito em cima das diretrizes da mobilidade urbana moderna", acrescem as arquitetas.
A pesquisa vai identificar, por exemplo, qual a porcentagem de pessoas usam o transporte coletivo em Dourados, quantos dias por semana, como paga a passagem, como qualificam o serviço e ainda coletar sugestões para melhoria. No caso do ciclista, será pesquisado com que frequência e para que usa a bike e se ele utiliza ciclovias. "Se ainda não usa bicicleta, o que o faria utilizar?", está entre as questões a serem respondidas.
No trabalho para melhorar a mobilidade urbana Murilo tem aberto novas ruas, melhorado a sinalização, criado vias rápidas e unidirecionais e prepara a implantação do novo sistema de transporte público de Dourados. Para isto, Murilo está licitando a construção das duas estações de integração, leste e oeste. Quando elas ficarem prontas entra em operação o novo sistema, que já está sendo preparado com o cartão eletrônico e renovação da frota da empresa que opera o transporte coletivo na cidade.

Foto: Arquivo
Legenda: Murilo prepara a cidade de Dourados para ter um dos sistemas de mobilidade urbana mais modernos do Brasil

Mais lidas

Faculdades de Medicina no Paraguai: Universidade USCA abre 280 vagas para curso de medicina e inscrições já estão abertas.

Veja a relação dos candidatos a vereador em Dourados com número que aparece na urna

Proprietários são notificados para adequação das calçadas em Dourados