Silas Zanata e Geraldo Resende pedem término de obra de escola em Indápolis

O vereador Silas Zanata (PV) e o deputado federal Geraldo Resende (PMDB), juntamente com a diretora da Escola Estadual Dom Bosco Marilda Azevedo de Souza, se reuniram nesta semana com a secretária estadual de Educação Maria Cecília Amendola da Motta para cobrar agilidade no término das obras de construção da Escola Estadual Joaquim Vaz de Oliveira, no distrito de Indápolis.
A unidade escolar com 14 salas de aula tinha previsão inicial de entrega e funcionamento para o começo de 2016. No entanto, obra está atrasada e necessita de celeridade para que possa ser concluída até o final de janeiro, tendo em vista que a nova escola vai abrigar os alunas das duas escolas existentes no distrito, a São José e a Dom Bosco, que serão desativadas.
Devido ao atraso na entrega da nova escola, Silas Zanata solicitou ao Estado que seja feito uma reforma emergencial na Escola Dom Bosco para atender a demanda da localidade no começo do ano letivo de 2016. Na ocasião, a secretária assumiu o compromisso de enviar uma equipe ainda esse mês para fazer um levantamento na escola. Segundo o vereador do PV, com uma pequena reforma a escola Dom Bosco poderá abrigar os alunos do distrito de Indápolis e da zona rural.  Caso contrário, os alunos terão que se deslocar até Dourados, dependendo de transporte escolar, para poderem estudar. "A reforma do Dom Bosco, sem dúvida nenhuma, contribuirá para dar mais conforto aos alunos que necessitam cursar o ensino médio sem a necessidade de se deslocar até Dourados", relatou Silas Zanata.




Mais lidas

Faculdades de Medicina no Paraguai: Universidade USCA abre 280 vagas para curso de medicina e inscrições já estão abertas.

Veja a relação dos candidatos a vereador em Dourados com número que aparece na urna

Proprietários são notificados para adequação das calçadas em Dourados