Aced acompanha implantação de novo estacionamento rotativo

A Associação Comercial e Empresarial de Dourados (Aced) está atenta ao processo de contratação de uma nova empresa e implantação de um método diferenciado de cobrança do estacionamento rotativo em Dourados. Após processo de licitação, a empresa EXP Parking, com sede em Brasília, irá assumir o gerenciamento e cobrança do estacionamento na área central do município. O novo método começa a ser implantado gradualmente a partir de março.
Na sexta-feira (19), o presidente Antônio Nogueira e diretores da Aced se reuniram com o diretor da Agetran (Agência Municipal de Transporte e Trânsito), Ahmed Hassan Gebara, e o representante da empresa EXP Parking, Marcelo Rodrigo Silva. A reunião teve como objetivo coletar mais informações sobre o novo sistema de estacionamento rotativo, bem como acompanhar as cláusulas do contrato de 10 anos estabelecido com o município.
De acordo com Marcelo Silva, o sistema implantado em Dourados já é adotado em outros oito municípios brasileiros e tem como foco o uso da tecnologia para compra e fiscalização da utilização das vagas. A proposta, segundo a empresa, é organizar o trânsito e promover a rotatividade com eficiência.

Desde o início do mês, a empresa trabalha na retirada dos antigos equipamentos de cobrança do parquímetro, bem como na substituição dos bótons do parquímetro antigo por créditos de estacionamento – que terão validade até o dia 15 de abril. Os botons podem ser trocados por cartões de estacionamento até o dia 29 de fevereiro das 7h30 às 13h30 na Agetran, no 1º piso da rodoviária.
Conforme o cronograma de implantação, no dia 1º de março os monitores iniciaram a orientação dos motoristas sobre o novo método, que começa a ser cobrado efetivamente a partir de 14 de março.
Estacionamento
O novo sistema de estacionamento rotativo implantado em Dourados pretende usar da tecnologia para facilitar a compra de créditos e também para oferecer maior agilidade na fiscalização. Pelo novo formato, usuários que utilizam smartphone poderão baixar um aplicativo gratuito para a compra de créditos (via cartão de crédito) e também para ativar o sistema sempre que for utilizar uma vaga. Os créditos também serão vendidos pelos monitores (funcionários da empresa), em lojas credenciadas e também através do site da empresa, com pagamento por meio de boleto bancário.
De acordo com o contrato, o valor por hora é de R$ 2, com cobrança parcial a cada meia hora (R$ 1). Cada motorista só pode permanecer na vaga por no máximo duas horas. Para motocicletas, o estacionamento só é permitido em pontos específicos, com cobrança de R$ 0,50 por hora (ou R$ 0,25 meia hora).
A nova tecnologia será implantada inicialmente em 1.219 vagas para carros no centro, que é a quantidade já existente. Posteriormente, conforme previsto no edital, o sistema será ampliado para 2.219 vagas.
Os diretores da Aced estão acompanhando a migração para o novo sistema e estarão atentos às cláusulas e ao cumprimento do contrato da empresa com o município.

Mais lidas

Faculdades de Medicina no Paraguai: Universidade USCA abre 280 vagas para curso de medicina e inscrições já estão abertas.

Veja a relação dos candidatos a vereador em Dourados com número que aparece na urna

Proprietários são notificados para adequação das calçadas em Dourados