Com 6 mil formados, Qualifica Dourados inicia cursos de 2016

O Qualifica Dourados iniciou neste mês de fevereiro a oferta de cursos de qualificação profissional para a população douradense, em parceria com o Senar (Serviço Nacional de Aprendizagem Rural) e Sindicato Rural de Dourados. Idealizado pelo prefeito Murilo, o programa existe desde 2011 e desde então já preparou 6.066 pessoas para o mercado de trabalho.
No Cras (Centro de Referência em Assistência Social) Parque das Nações I estão abertas inscrições para o curso de Fabricação Caseira de Produtos de Limpeza. As atividades iniciam no dia 26 e são 15 vagas. Essas ficarão disponíveis até completar a turma.
Em andamento estão os cursos de Remédios Caseiros no Cras Aldeia Bororó e de Produção de Biscoitos Simples e Confeitados no Cras Canaã I. Nos dias 15 e 16 ainda haverá curso de Cultivo de Orquídeas para as internas do Presídio Semiaberto de Dourados.

Também será realizado em breve o curso de Processamento Caseiro de Carne de Frango. Para este, a prefeitura está em fase de designação do local mais adequado para receber o curso.
Todos estes cursos são oferecidos através do Qualifica Dourados em parceria com o Senar. "Através dessa parceria, mais cursos serão ofertados ao longo do ano", afirma a secretária de Assistência Social, Ledi Ferla.
Já na parceria entre Qualifica e Pronatec (Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego), também começa no dia 28 deste mês o curso de Artigos Indígenas. Esse será oferecido no Cras Aldeia Bororó.
Qualquer pessoa que tiver interesse em fazer um curso de qualificação profissional nessas áreas citadas ou em outras, deve procurar o Cras mais perto de casa para manifestar o interesse. Através destes locais, o programa Qualifica também pode identificar a demanda da população para articular a realização do trabalho de formação.
Ao todo são sete Cras em Dourados, sendo o Água Boa, Cachoeirinha, Canaã I, Indígena, Jóquei Clube, Parque do Lago II e Vila Vargas. Além destes locais, ainda são oferecidos cursos direcionados nos CCIs (Centros de Convivência do Idoso) Parque das Nações I e Água Boa, e no CCPD (Centro de Convivência e Geração de Renda da Pessoa com Deficiência).
Ao longo do ano, a meta é realizar pelo menos cinco cursos por mês em cada Cras de Dourados, para isso a prefeitura tem firmado parcerias através do Qualifica Dourados. "Esse programa tem se mostrado um importante instrumento de qualificação profissional e tem aberto um mercado importante para garantia de renda às famílias", afirma Ledi. Todos os cursos são oferecidos gratuitamente.

Mais lidas

Faculdades de Medicina no Paraguai: Universidade USCA abre 280 vagas para curso de medicina e inscrições já estão abertas.

Veja a relação dos candidatos a vereador em Dourados com número que aparece na urna

Proprietários são notificados para adequação das calçadas em Dourados