Murilo vistoria início da obra da feira central de Dourados






- Espaço Feira João Totó Câmara abrigará os feirantes da Rua Cuiabá e ainda terá um setor para camelôs -

O prefeito Murilo vistoriou na manhã desta terça-feira, dia 16, a obra do Espaço Feira Central de Dourados, denominado João Totó Câmara, que está sendo iniciado. Acompanhado do secretário de Planejamento, Luis Roberto Araújo, Murilo foi conferir a fase inicial das edificações e a abertura de ruas.
A nova feira fica na antiga Chácara Rigotti, na Rua Cafelândia, no Jardim São Pedro, região sul de Dourados, numa área de 56,3 hectares. Para o local será transferida a atual Feira Livre de Dourados, que funciona na Rua Cuiabá. Murilo quer instalar os feirantes no local ainda este ano para que possam trabalhar num local moderno e com todas as condições de higiene e segurança.
Para melhorar o trânsito será continuada a Rua Adelina Rigotti cortando o fundo da área, respeitando-se o limite de proteção ambiental do Córrego Rego D´Água. Do lado norte, a Rua Humaitá também será continuada, se encontrando com a Adelina e, após, atravessando o córrego e se ligando à Rua Visconde de Taunay. A Prefeitura construirá uma ponte sobre o córrego nessa rua. Com isso, o trânsito na região ficará muito melhor, atendendo a necessidade de acesso à feira.
A primeira etapa das obras está sendo feita com recursos próprios da Prefeitura (Procom) no valor de R$ 2,563 milhões. A segunda etapa terá recursos de convênio com a Caixa Econômica Federal, no valor de R$ 3 milhões. No total serão investidos na feira R$ 5,5 milhões.
A nova feira é uma obra emblemática, adotada pelo prefeito Murilo como uma de suas principais metas. Há anos os feirantes usam a Rua Cuiabá, enfrentando dificuldade para trabalhar. Ao assumir a Prefeitura em 2011, Murilo de imediato começou o trabalho para viabilizar a área, fazer o projeto e obter os recursos.
Nas duas etapas serão 2.283,17 m² (metros quadrados) de área construída. As áreas cobertas serão para a praça de alimentação, com 2.043 m², o banheiro principal, com 146,39 m², o banheiro secundário, com 57,37 m², e a casa do transformador, com 36,38 m².
Para as áreas das barracas serão feitos pisos com ligações de água e energia. O piso para a área de hortifrufi terá 3.168 m², o para armarinhos e vestuários (camelôs) 3.472 m². Haverá ainda um piso de exposições e eventos de 1.000 m².
Estão previstos no projeto 120 boxes de 12 m² cada para hortifrúti e 224 boxes de 6 m² para o setor de armarinhos. Na praça de alimentação serão 24 boxes, com tamanhos variando entre 6,60 e 24 m².
A obra prevê ainda colocação de 3.292 m² de grana na área interna e 1.828 m² na área externa. Serão 132 vagas de estacionamento para veículos, 32 para motos e 84 para bicicletas.
Dentro da feira haverá uma área de preservação ambiental permanente. É uma área com vegetação nativa já existente. A maior parte das árvores existentes será preservada.


Foto: Antônio Viegas/Assecom
Legenda: Prefeito Murilo vistoria início das obras de edificações do Espaço Feira Central de Dourados






--
Prefeitura de Dourados
Assessoria de Comunicação Social
(67) 3411-7150/3411-7626
assecom@dourados.ms.gov.br
www.dourados.ms.gov.br

Mais lidas

Faculdades de Medicina no Paraguai: Universidade USCA abre 280 vagas para curso de medicina e inscrições já estão abertas.

Veja a relação dos candidatos a vereador em Dourados com número que aparece na urna

Proprietários são notificados para adequação das calçadas em Dourados