Com mais vagas, HU-UFGD recebe novos residentes das áreas Médica e Multiprofissional

São, ao todo, mais 31 profissionais atuando nos diversos setores de atendimento do hospital

As atividades de 2016 nos programas de Residência Médica e Residência Multiprofissional do Hospital Universitário da Universidade Federal da Grande Dourados (HU-UFGD) tiveram início nesta terça-feira (1), com a recepção aos novos residentes.

São 19 integrantes da Residência Médica: seis em Clínica Médica, seis em Pediatria, quatro em Ginecologia e Obstetrícia, dois em Cirurgia Geral e um em Medicina Geral de Família e Comunidade. Na Residência Multiprofissional, são quatro enfermeiros, quatro nutricionistas e quatro psicólogos, metade para cada uma das áreas de concentração: Atenção Cardiovascular e Saúde Indígena.


A recepção aos novos residentes começou com as boas-vindas e uma rápida apresentação da superintendente do HU-UFGD, Mariana Croda. Ela falou sobre a história do hospital, enfatizou a importância do atendimento prestado à população e frisou o caráter indissociável do ensino aliado à assistência de qualidade.

“Atendemos aqui uma população de aproximadamente 800 mil pessoas dos municípios que compõem a microrregião, com a característica peculiar de que grande parcela dessa população é indígena. Estamos vivendo um momento de transformação, buscamos um atendimento cada vez mais humanizado, e vocês, a partir de agora, fazem parte da construção dessa nova realidade”, disse.

A chefe do Setor de Gestão do Ensino do HU-UFGD, Maria Aparecida dos Santos Pires, na acolhida aos médicos residentes, falou da importância do aprendizado que vai além da técnica: “Somos defensores da Residência Médica, porque sabemos que é onde acontece um grande crescimento na postura profissional e ética.”

A gerente de Ensino e Pesquisa, Renata Praça Longhi, também falou sobre os desafios e conquistas nessa etapa da formação profissional e incentivou os novos residentes a continuarem investindo na carreira acadêmica: “Espero que muitos enveredem pelos caminhos da pesquisa e que, depois da Residência, possam se dedicar ao Mestrado.”

O chefe da Unidade de Gerenciamento de Atividades de Pós-graduação do HU-UFGD e coordenador da Comissão de Residência Médica, Aroldo Henrique da Silva Boigues, fez a apresentação da regulamentação e das normas da Residência Médica, enquanto a coordenadora da Residência Multiprofissional, Maria Cristina Corrêa de Souza, conduziu os novos residentes em visita aos hospital.

Integração

Para finalizar as atividades, a equipe da Saúde Ocupacional e Segurança do Trabalho (SOST) promoveu uma série de mini palestras, em parceria com os setores de Farmácia e Hotelaria e com a Comissão de Controle de Infecção Hospitalar (CCIH), para repassar as informações e orientações necessárias para uma boa integração às rotinas do hospital.
​ 

Mais lidas

Faculdades de Medicina no Paraguai: Universidade USCA abre 280 vagas para curso de medicina e inscrições já estão abertas.

Veja a relação dos candidatos a vereador em Dourados com número que aparece na urna

Proprietários são notificados para adequação das calçadas em Dourados