Engenharia Física da UEMS cria grupo de computação e eletrônica

Dourados (MS) – O curso de Engenharia Física da Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul (UEMS) criou um grupo de computação eletrônica embarcada usando a plataforma Arduíno, Clube ENFiiNO. O objetivo é que, por meio desse grupo, os alunos tenham a oportunidade de conhecer e aprender sobre conceitos e técnicas em computação e eletrônica embarcada utilizando a plataforma. A ideia do projeto iniciou em 2015, pelo professor Paulo César de Souza, em conjunto com a coordenação do curso.

Além de atividades práticas de desenvolvimento de sistemas de aquisição de dados, controle automatizado de tarefas, e robótica, os alunos tem a oportunidade de experimentar a prática de engenharia, de propor novos projetos, de trabalhar em grupo, e de desenvolver características pessoais como liderança, empreendedorismo e inovação.

As atividades acontecem semanalmente no bloco de Engenharia Física, na unidade de Dourados. Todos os acadêmicos do curso podem participar. Segundo o coordenador do curso, Daniel Cesar Braz, “esse tipo de atividade objetiva a complementação da formação tecnológica e de demais características profissionais, e torna-se mais importante à medida que o nosso aluno estará melhor preparado e faça uso dessa formação para o desenvolvimento de aplicações e soluções para as diversas atividades produtivas em nosso Estado, explica”.

Em 2015, o Clube ENFiiNO, realizou um minicurso de Introdução ao Arduíno, ministrado pelo professor, Luiz Antonio de Oliveira Nunes (IFSC/USP). O Arduíno é uma plataforma eletrônica microcontrolada, gratuita, utilizada em diversos sistemas como robôs, drones, máquinas, controle da produção e também para fins de ensino.

Mais lidas

Faculdades de Medicina no Paraguai: Universidade USCA abre 280 vagas para curso de medicina e inscrições já estão abertas.

Veja a relação dos candidatos a vereador em Dourados com número que aparece na urna

Proprietários são notificados para adequação das calçadas em Dourados