Mutirões contra o Aedes aegypti acontecem também na Semana Santa



A prefeitura de Dourados, através da Secretaria Municipal de Saúde vai continuar realizando os mutirões contra o mosquito Aedes aegypti durante a Semana Santa.
Na segunda-feira, foi realizado trabalho de rotina (visita domiciliar) nos bairros da cidade, baseados nas notificações de dengue do município. Os agentes de endemias atuam na inspeção do imóvel, orientação aos moradores, eliminação e tratamento (com larvicida) dos focos e possíveis criadouros do mosquito Aedes aegypti.
No imóvel em situação crítica que não atenda as leis municipais nº 2850/2006 e 3965/2016, o proprietário será notificado e poderá ser multado.
Os mutirões só não serão realizados na sexta-feira Santa (25), que é feriado.

A coordenadora do CCZ, a bióloga Rosana Alexandre da Silva explica que os agentes de endemias vão fazer a inspeção do imóvel, orientação aos moradores, eliminação e tratamento (com larvicida) dos focos e possíveis criadouros do mosquito Aedes aegypti.
Também serão realizados a distribuição de panfletos com orientações sobre as doenças e também esclarecendo a população douradense sobre os serviços prestados pelo CCZ.
Na terça-feira (22) o mutirão aconteceu Jardim Tropical, Vila Alvorada, Jardim Universitário, Vila São José e imediações, entre as ruas Monte Alegre até Laranja Doce e da Joaquim Tavora e Aurora Augusta de Matos.
Nesta quarta-feira (23) será a vez dos bairros: Jardim Clímax, Jardim Cuiabazinho, Jardim Maringá e imediações, entre as ruas Weimar Gonçalves Torres até Monte Castelo e Eulália Pires e Aniz Rasselen. Ponto de encontro será no Ceper Antenor Martins (Parque do Lago).  
Na quinta-feira (24) o mutirão será das 7h às 13h no Jardim Água Boa e imediações, entre as ruas Pureza Carneiro Alves até José Luiz da Silva e Leonidas Além até 20 de Dezembro. O ponto de encontro é CSU.
No sábado o trabalho será das 7h às 13h no Jardim Santa Maria, Jardim Pantanal e imediações, realizando a inspeção do imóvel, orientação aos moradores, eliminação e tratamento (com larvicida) dos focos e possíveis criadouros do mosquito Aedes aegypti. O ponto de encontro será na Escola Laudemira do Amaral.

Foto: Assecom/Arquivo

Mais lidas

Faculdades de Medicina no Paraguai: Universidade USCA abre 280 vagas para curso de medicina e inscrições já estão abertas.

Veja a relação dos candidatos a vereador em Dourados com número que aparece na urna

Proprietários são notificados para adequação das calçadas em Dourados