UFGD faz parte do Conselho Municipal dos Direitos da Pessoa com Deficiência




A Universidade Federal da Grande Dourados, na figura da chefia do Núcleo Multidisciplinar para Inclusão e Acessibilidade (NuMIAc / Reitoria UFGD), passa a representar oficialmente as Instituições de Ensino Superior (IES) no âmbito do Conselho Municipal dos Direitos das Pessoas com Deficiência (CMDPD).
O Prof. Dr. Leonardo Santos Amâncio Cabral, chefe do NuMIAc / Reitoria UFGD, foi nomeado membro titular do CMDPD por meio do Decreto Municipal Nº 2.256 de 14 de março de 2016 e, no último dia 25 de abril (segunda-feira), o prefeito de Dourados, Murilo Zauith, deu posse aos novos representantes do Conselho Municipal dos Diretos da Pessoa com Deficiência; da Criança e da Adolescente, da Mulher e da Saúde e seus suplentes.

De acordo com Leonardo Cabral, a perspectiva do NuMIAc / Reitoria UFGD é a de trabalhar conjuntamente e em colaboração com representantes da Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul (UEMS), Centro Universitário da Grande Dourados (UNIGRAN) e Faculdade Anhanguera de Dourados frente à um panorama mais amplo da sociedade, trazendo para as discussões e decisões políticas do CMDPD elementos inerentes ao favorecimento da inclusão das pessoas que compõem o público-alvo da Educação Especial (pessoas com deficiência, transtornos globais do desenvolvimento e altas habilidades/superdotação) e da eliminação de barreiras atitudinais, físicas, pedagógicas, comunicacionais, de informação, tecnológicas, organizacionais e laborais.

Para o chefe do NuMIAc, a Universidade Federal da Grande Dourados, nesse contexto, se apresenta mais uma vez como uma instituição que se dedica em buscar meios para se aproximar da comunidade, fomentando o diálogo e possibilitando, por meio de projetos de ensino, pesquisa e extensão, oportunidades estreitamento entre as IES, o CMDPD e a sociedade como um todo, sobretudo no que diz respeito à população que representa o público-alvo da Educação Especial.



Foto: 

Márcia Bueno Gomes (Arquivo pessoal) - Chefe da Divisão de Inclusão e Diversidade da Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul (UEMS)

Mais lidas

Faculdades de Medicina no Paraguai: Universidade USCA abre 280 vagas para curso de medicina e inscrições já estão abertas.

Veja a relação dos candidatos a vereador em Dourados com número que aparece na urna

Proprietários são notificados para adequação das calçadas em Dourados